Parabéns Cardoso Moreira

Você conhece a História da Cidade de Cardoso Moreira? Não, então leia abaixo:

História

Nos idos de 1672, freis franciscanos fundaram, em terras de Cachoeiro, na margem direita do Rio Muriaé, o seu primeiro aldeamento indígena. Os índios puris, remanescentes da nação goitacá, a qual havia sido perseguida pelos portugueses, teriam escapado em migrações sucessivas através do rio Muriaé e se abrigado na missão dos padres franciscanos. A fundação da aldeia, no entanto, acabou resultando infrutífera, pois veio a ser acometida por uma febre epidêmica.
Noutro momento, em fins de 1700, mais de 20 engenhos já haviam se instalado em Cachoeiras do Muriaé (nome pelo qual era denominado o atual município de Cardoso Moreira naquela época). Estes engenhos realizavam moagem de cana-de-açúcar, beneficiamento de açúcar e aguardente. Estes fazendeiros precisavam de um meio de escoar sua produção. Deste modo, se organizaram para a construção de um ramal da estrada de ferro até Carangola, no atual estado de Minas Gerais.
O comendador José Cardoso Moreira, além de ter feito grandes investimentos em suas terras, fez também, como era de costume na época, diversas contribuições para beneficiar a localidade, tornando-se grande acionista da estrada de ferro. Devido, provavelmente, ao volume de seus investimentos, a estação local acabou recebendo seu nome, e, mais tarde, se transformou no nome da localidade.

Emancipação

Também pertencente ao município de Campos dos Goytacazes, o vizinho distrito de Italva se transforma em município. Tendo presenciado o desenvolvimento propiciado pela autonomia de seu antigo distrito limítrofe, surge, em Cardoso Moreira, um movimento emancipacionista, oficializado em 1986.
No dia 31 de julho do ano de 1988, enfim ocorreu o plebiscito de consulta a população de Cardoso Moreira, à época chamado como o "Dia do Sim". O resultado final do pleito foi de maioria favorável à emancipação. Esta foi oficializada em 30 de novembro de 1989 com a assinatura da Lei estadual nº 1.577, pelo então Governador do Estado do Rio de Janeiro Antônio Wellington Moreira Franco. 
Somente em janeiro do ano de 1993, no entanto, Cardoso Moreira conseguiu, finalmente, a sua autonomia plena com o encerramento do processo contra a sua emancipação.

PARABÉNS CARDOSO MOREIRA ! ! !

Wikipédia

Nenhum comentário