Responsive Ad Slot

Política

política

BRASIL

brasil

NORTE FLUMINENSE

NORTE FLUMINENSE

NOROESTE FLUMINENSE

NOROESTE FLUMINENSE

REGIÃO SERRANA

Região Serrana

REGIÃO DOS LAGOS

região dos lagos

VIDEOS

Vídeos

Festa

Festa

Cerveja Tiger é a nova aposta da Heineken no mercado brasileiro

Nenhum comentário

 


Criada nas ruas de Singapura em 1932 e presente em mais de 50 países, a cerveja puro malte Tiger foi anunciada nesta quinta-feira (17 de junho) como o principal lançamento do ano da Heineken no Brasil. Uma das principais marcas globais do grupo, a cerveja Tiger chega ao Sul do país em julho e em agosto nas regiões Sudeste e Nordeste do Brasil.


Com dezenas de prêmios internacionais (como o World Beer Cup e o Australian International Beer Awards), a novidade promete aliar sabor intenso do puro malte à refrescância que agrada o paladar do brasileiro.


“Estamos muito contentes com o lançamento e ele reforça o nosso compromisso com o consumidor. Tiger é uma das cinco principais marcas globais do grupo e vai somar muito ao portfólio do Brasil, não poderíamos estar mais felizes por isso”, diz Maurício Giamellaro, CEO do Grupo Heineken.

Ainda segundo o executivo, o segmento conhecido como mainstream puro malte é hoje o maior do mercado brasileiro de cerveja, responsável por cerca de 62% do volume. “No último ano, as marcas puro malte ganharam mais espaço e relevância, crescendo 39%, segundo dados da Nielsen, mostrando que o brasileiro busca opções que combinem acessibilidade com qualidade”, finaliza Giamellaro.

Público zillenials

A cerveja no Brasil pretende atingir os young millenials ou zillenials, como também são chamados. “Tiger é uma cerveja que nasceu nas ruas de Singapura em 1932 e vem conquistando o mundo com coragem e otimismo. É uma marca urbana, voltada para as pessoas que encaram de frente seus desafios, sempre olhando o copo meio cheio. Tiger é uma cerveja para celebrar nossas conquistas. Para a marca, não importa de onde você vem, mas sim aonde você quer chegar”, diz Renan Ciccone, diretor de marketing do Grupo Heineken.

O produto chega ao Brasil em três versões: a lata de 350ml, a garrafa de 600ml e o draft beer, em barril de 50L. A cerveja será produzida no país, nas fábricas Heineken de Pacatuba, no Ceará, e Itu, em São Paulo.


Com informações de FoodBiz foto: Divulgação




Italva: 148ª DP e prefeitura inauguram a Sala Humanizada para atendimento à vítimas de violência doméstica

Nenhum comentário

 


Visando dar suporte nas ações de combate aos crimes de violência doméstica abrangendo crianças, mulheres e idosos, foi inaugurada nesta segunda-feira, 14, a Sala Humanizada Assistente Social Marly Fernandes, em Italva no Noroeste Fluminense. O espaço é localizado na sede da 148ª Delegacia Legal e foi criado por meio da parceria do prefeito, Leonardo Orato Rangel, o Léo Pelanca, com o delegado Dr. Rivelino da Silva Bueno. Entre os presentes na solenidade estavam o deputado federal Otoni de Paula; o vice-presidente da Alerj, deputado Jair Bittencourt; o diretor de Ordem Pública do município, sargento PM Navarro; vereadores; secretários municipais; o 1° sargento PM Sérgio Dallia, representando o tenente PM Silveira, comandante da 4ª Cia do 29° Batalhão de Polícia Militar (BPM- Itaperuna); o subtenente PM Armond e o sargento PM Arly, representando a equipe da 'Patrulha Maria da Penha'; Vagner Almeida, comandante da Guarda Civil Municipal e o supervisor da GCM, inspetor Israel Pimenta, entre outros.
Na ocasião, a secretária municipal de Assistência Social, Ângela Maria, responsável pelas articulações e concretização dos ajustes que possibilitaram a consolidação da ideia, em entrevista ao O DIA, falou sobre o objetivo do espaço. "Criar uma sala reservada que ofereça condições para a mulher moradora de Italva, vítima de agressão doméstica, se sentir mais a vontade para denunciar e relatar o que sofre foi o ponto principal para essa parceria. Pretendemos dar o conforto, privacidade e mais condições para encorajar essa mulher a não sofrer calada", disse. Ângela Maria informou também que o delegado ao receber a proposta para o atendimento feito apenas para mulheres sugeriu incluir as demais vítimas de violência doméstica como crianças, adolescentes e idosos. O que foi feito.
Em relação a escolha do nome da Sala, a secretária contou que a história da Assistência Social no município começou com a homenageada, Marly, sendo ela a responsável por grandes feitos e com participação significativa em prol da população. "Com muito empenho profissional e comprometimento Marly foi a primeira concursada no município nesta importante área social. Ela foi um grande exemplo de luta pelos menos favorecidos e pela dignidade humana. Marly faleceu recentemente e apesar de aposentada ainda contribuía bastante com a profissão e com nossa população. Era uma mulher muito batalhadora e determinada que sempre dedicou sua vida pelo próximo", salientou. Ângela concluiu que um dos próximos desejos do governo municipal é solicitar a ampliação do programa 'Patrulha Maria da Penha' desenvolvido na Região pelo 29° Batalhão de Polícia Militar (BPM-Itaperuna).
O Dia

MPRJ em Cabo Frio

Nenhum comentário

 



O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cabo Frio, e o Município de Cabo Frio ajuizaram ação civil pública em face de pessoas não identificadas que ocupam, de maneira irregular, o Parque Natural Municipal do Mico Leão Dourado. A ação requer que os réus desocupem voluntariamente os imóveis construídos no local em um prazo de 180 dias, sob pena de que, após esse período, o Município de Cabo Frio seja autorizado a promover a desocupação, demolindo as residências e dando início ao processo de recuperação ambiental da área.

A ACP relata que o Parque possui propriedades anteriores ao ato de sua criação, denominadas Áreas de Ocupação Antiga, e áreas de ocupação recente e ilegais, denominadas Áreas de Invasão e que não possuem licença ou autorização do Poder Público. No total, cerca de 100 imóveis, entre regulares e irregulares, existem no local. Criado com o objetivo de proteger a flora e a fauna locais e de promover pesquisas científicas, o local observa, atualmente, uma ocupação desordenada e o parcelamento irregular do seu interior, o que contribui para a crescente vulnerabilidade do seu ecossistema.

Dentre os impactos ambientais negativos causados pelas ocupações irregulares, têm sido identificados: perda de fauna nativa, aumento da caça, contaminação do lençol freático, supressão de vegetação de Mata Atlântica e eliminação da faixa de proteção do Rio São João, ocupação das margens do Rio Gargoá, desmatamento, captura e comercialização de micos-leões-dourados, furto de energia elétrica e captação irregular de água subterrânea, entre outros.

“As lesões ao meio ambiente são muitas e colocam em risco, dia após dia, o bioma que se pretende tutelar e a própria razão de ser do Parque Municipal, motivo pelo qual a proteção imediata se faz necessária, adequada e proporcional, já que as edificações não são passíveis de regularização, por expressa previsão legal. Noutro giro, a reparação do dano ao meio ambiente é direito fundamental indisponível e imprescritível, de modo que inexiste direito à degradação”, diz um dos trechos da ação.

Por MPRJ

Em Itaperuna, MPRJ obtém decisão determinando que município estabeleça regras para nomeações em cargos em comissão

Nenhum comentário

 


O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Cíveis e Institucionais (SubCível/MPRJ), obteve, junto ao Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado (TJRJ), decisão favorável à ação de Representação de Inconstitucionalidade por omissão, ajuizada contra o município de Itaperuna, no Noroeste Fluminense. A Justiça determinou que a prefeitura edite norma para suprir ausência de dispositivo legal, e assim estabeleça casos, condições e percentuais mínimos em que os servidores efetivos poderão ocupar cargos em comissão na Administração Pública Municipal.


A ação, autuada sob o nº 0050091-94.2020.8.19.0000, requereu que, em até 180 dias, o município edite uma norma que obedeça o artigo 77, inciso VIII, da Constituição Estadual, que prevê que os cargos em comissão sejam exercidos, preferencialmente, por servidores ocupantes de cargo de carreira técnica ou profissional, num percentual mínimo de 50%. Para o órgão, a medida é considerada importante na contenção do nepotismo e do clientelismo político, por meio da nomeação de 'apadrinhados' para cargos comissionados.



MPRJ cumpre mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão nos Municípios de Itaperuna e Queimados

Nenhum comentário

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Itaperuna, com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (10/06), a Operação Casa de Papel, com o objetivo de cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão nos Municípios de Itaperuna e Queimados. Até o final da manhã, haviam sido cumpridos três mandados de prisão e apreendidos celulares e um caderno com anotações típicas do tráfico. 

A operação é um desdobramento de denúncia oferecida em face de pessoas identificadas como participantes do tráfico de drogas em Itaperuna, sob a bandeira do assim denominado Comando Vermelho, com atuação no Morro do Cristo, área que abarca os morros do Castelo, Marca Tempo e Horto Florestal. 

Durante as investigações, ficou comprovado, por meio de escutas telefônicas autorizadas pela 2ª Vara da Comarca de Itaperuna, a imputação de associação para o tráfico de drogas com o emprego de adolescentes e armas. O tempo das escutas e a reiteração em diálogos envolvendo a atividade ilícita também indiciam a estabilidade e a permanência com que agiam os infratores.


Homem que foi despejado em Bom Jesus, recebe ajuda

Nenhum comentário

 


Passando por dificuldades após ter sido despejado da casa onde vivia em Bom Jesus do Itabapoana, Moisés passou a viver na rua. Como o homem não tem para onde ir, ele saiu do local com seus móveis e suas roupas e colocou no trevo próximo ao IFF Campus Bom Jesus do Itabapoana.

Após essa polêmica história de um homem que foi despejado e foi parar com os móveis na rua, tomou conta das redes sociais neste fim de semana no município de Bom Jesus do Itabapoana, RJ.

Tudo começou na última quarta-feira (02/06), quando o Sr. Moisés esteve no CRAS do Bela Vista, solicitando atendimento, o mesmo foi recepcionado e recebeu uma senha para atendimento; ele era o quarto, no entanto, não aguardou e preferiu deixar o local sem atendimento.

Neste sábado (05/06), a Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, foi surpreendida através das redes sociais, com a notícia de que o Sr. Moisés estava “morando” na rua mais precisamente nas margens da RJ-230; próximo ao IFF Campus Bom Jesus. Tomando ciência da situação a equipe da Secretaria de Assistência Social e Habitação foi até o local; prestou o atendimento necessário, e em menos de duas horas resolveu a situação do Sr. Moisés. 

“O Sr. Moisés foi atendido com seus direitos garantidos por meio de políticas públicas: o colocamos em uma residência; sendo beneficiário do aluguel social, realizamos a sua mudança, empregamos uma cesta básica para sua segurança alimentar e nutricional, água e gás para que o Sr. Moisés possa ter uma base nesse recomeço de sua vida. 

O Sr. Moisés será acompanhado pelo CAPS, e vamos buscar a sua inserção no BPC (após perícia em Campos)”, explicou a secretária municipal de Assistência Social e Habitação, Angélica Hullen. 


Blog Alan Gonçalves / Vídeo: Thiago Assumpção (Projeto A Rede) - Informações: Blog do Marcos Júnior 

Governo do Rio repassa R$ 104 milhões para as 92 prefeituras

Nenhum comentário

 



O Governo do Estado repassou nesta semana R$ 104 milhões para os 92 municípios fluminenses. O depósito feito pela Secretaria de Fazenda refere-se ao montante arrecadado no período de 24 a 28 de maio. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação de Royalties do petróleo e dos tributos IPI, ICMS e IPVA às administrações municipais.

O total depositado no mês de junho foi de R$ 104 milhões. Desde o início deste ano, ao adicionar as cotas-parte e os repasses relacionados às transferências federais e à receita diretamente arrecadada pelo Estado, os municípios receberam um total acumulado de R$ 6,47 bilhões.

Os depósitos semanais são feitos por meio da Secretaria de Fazenda, conforme prevê a Lei Complementar nº 63, de 11 de janeiro de 1990. As consultas dos valores dos exercícios anteriores podem ser feitas no Portal do Tesouro do site da Fazenda (www.fazenda.rj.gov.br).

Os valores semanais transferidos aos municípios fluminenses variam em função dos prazos fixados na legislação vigente. Dependendo do mês, pode haver até cinco datas de repasses. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento tributário e o volume dos recursos arrecadados. A agenda de recolhimento tributário pelos contribuintes está concentrada no dia 10 de cada mês.

 

Índice de Participação dos Municípios

Os repasses aos municípios da arrecadação de Royalties do petróleo e dos tributos IPI e ICMS são liberados de acordo com os respectivos Índices de Participação dos Municípios (IPM), apurados anualmente para aplicação no exercício seguinte, conforme determina a Constituição Federal e observado o disposto na Lei Complementar Federal nº 63, de 11 de janeiro de 1990, nas Leis Estaduais nº 2.664, de 27 de dezembro de 1996, e nº 5.100, de 04 de outubro de 2007, e no Decreto Estadual nº 47.432, de 29 de dezembro de 2020.

Foto: Aperibé, no Noroeste Fluminense.

Fonte: http://www.rj.gov.br/

Cantora Campista participa de Música Inédita sobre a Pandemia

Nenhum comentário

 


A cantora campista Lívia Corrêa, participante do The Voice Kids Brasil 2020, é uma das vozes do single inédito do guitarrista e vocalista Rafael Bittencourt e “O Exército da Esperança”, lançado neste último mês. A pequena artista está entre os mais de 20 músicos convidados pelo fundador do grupo Angra para gravação da música “Dar as Mãos”, composta no início da pandemia no Brasil. A canção, que conta com participação de Carlinhos Brown, Toni Garrido, Família Lima e outros grandes nomes da música brasileira é um convite à reflexão sobre o momento enfrentado pelo país e o mundo.


“Fiquei super feliz quando recebi o convite para fazer parte do single do Rafael. Para mim, é muito especial estar junto de artistas que admiro tanto e, mais ainda, ter a oportunidade de passar uma mensagem tão bonita com a letra do ‘Dar as Mãos’”, diz a cantora mirim.


“Dar as Mãos” inspira o olhar de respeito e igualdade entre todos e planta um olhar de otimismo e solidariedade, neste cenário de pandemia mundial da Covid-19.


“Quando o mundo mais precisava de união, fomos forçados a nos isolar. Já em 2021, quando achávamos que as coisas iriam melhorar, tivemos que respirar fundo e esperar. Nossa sanidade, fé e esperança vêm sendo testadas. Essa música propõe que a pandemia seja também o momento de reflexão para que façamos do mundo um lugar melhor”, afirma Rafael Bittencourt.


Confira a gravação no link: https://www.youtube.com/watch?v=8oEtN5-dirc.

© Jornal Olhar
Todos os direitos reservados.