Responsive Ad Slot

Política

política

BRASIL

brasil

NORTE FLUMINENSE

NORTE FLUMINENSE

NOROESTE FLUMINENSE

NOROESTE FLUMINENSE

REGIÃO SERRANA

Região Serrana

REGIÃO DOS LAGOS

região dos lagos

VIDEOS

Vídeos

Festa

Festa

Prenderam o macaco porque estava comendo banana', diz Filipe Ret após ser preso indo para Búzios

Nenhum comentário

 



O rapper Filipe Ret se pronunciou após ter sido detido com drogas, na noite dessa quinta-feira (21), por agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPR) durante uma operação na altura de Rio Bonito. O cantor estava a caminho de  Búzios, na Região dos Lagos e foi encontrados 65 g maconha na bagagem. Ele revelou ter recebido voz de prisão dos policiais, conduzido à 119ª DP, onde foi autuado por posse de droga para uso pessoal.
“Eu fui abordado por policiais, estava com uma pequena quantidade de maconha, para uso próprio e os policiais me deram voz de prisão. Eles me falaram que na delegacia iria ter direito a duas ligações e que eu estava preso […] Assinei o artigo de usuário, que também não é a primeira vez que assino, mas ficou tudo bem”, completou Ret nos stories desta sexta-feira (22).
Filipe agradeceu  o carinho dos fãs e ainda escreveu no Twitter: "Prenderam o macaco porque estava comendo banana".
O dia

Prefeitura de Bom Jesus do Itabapoana decreta estado de calamidade pública no âmbito administrativo, fiscal e financeiro

Nenhum comentário

 



O prefeito de Bom Jesus do Itabapoana, Paulo Sergio Cyrillo, decretou nesta segunda-feira (18/01) estado de calamidade pública pelo prazo de 180 (cento e oitenta) dias, em razão da grave crise administrativa, fiscal e financeira no Município de Bom Jesus do Itabapoana, que impede o cumprimento das obrigações básicas de gestão em decorrência da realização do cenário encontrado nas contas públicas e das despesas extraordinárias oriundas do Covid-19.


Leia o decreto na íntegra aqui

Vacinas CoronaVac chega a Itaperuna e demais cidades do Noroeste Fluminense e Norte Fluminense

Nenhum comentário

Vacinas CoronaVac chega a Itaperuna e demais cidades do Noroeste Fluminense

Para Itaperuna, aeronave trouxe as 2.040 doses da vacina e elas serão aplicadas, em duas etapas, em 969 pessoas do primeiro grupo prioritário.

De acordo com o planejamento do governo municipal, a vacinação terá início nesta quarta-feira, dia 20.

O primeiro lote com 2.040 unidades da vacina CoronaVac, do Instituto Butantam, contra a Covid-19, destinados à Itaperuna, no Noroeste Fluminense, chegou na manhã desta terça-feira, dia 19. A aeronave pousou no Aeroporto Ernani do Amaral Peixoto, às 09h50, com forte esquema de segurança da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Defesa Civil. O Governo do Estado também enviou os lotes do imunizante de Natividade, Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Varre-Sai e Laje do Muriaé junto com a remessa de Itaperuna.

Outros Municípios do Norte Fluminense, também receberam as doses da Vacina, conforme foto abaixo:



Campos dos Goytacazes também recebeu a Vacina, veja o vídeo abaixo:



O Dia/ Jornal Olhar


Confira a relação de quantidade de doses da Vacina em Cada Município do Estado do Rio de Janeiro

Nenhum comentário

 



A chegada do primeiro lote da vacina Coronavac, aprovada no domingo para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ao estado do Rio ocorrerá por volta das 13h desta segunda-feira, com um carregamento de 487.520 doses do imunizante. A expectativa, segundo o governo do estado, é de vacinar 232.521 pessoas — com duas doses cada — dos grupos prioritários dessa primeira fase. Com isso, restariam 22.478 doses do lote vindo de São Paulo, separadas para reserva técnica, segundo informou a Secretaria Estadual de Saúde do Rio.


O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, garantiu que o estado está pronto para começar a vacinação em todos os 92 municípios. Ele viajou para São Paulo nesta segunda para acompanhar o envio.


Confira quantas doses cada município do Rio recebe nesta segunda-feira (18):


Angra dos Reis – 4.880


Aperibé – 280


Araruama – 3.210


Areal – 340


Armação dos Búzios – 750


Arraial do Cabo – 620


Barra do Piraí – 1.800


Barra Mansa – 4.510


Belford Roxo – 7.730


Bom Jardim – 530


Bom Jesus do Itabapoana – 1.240


Cabo Frio – 5.310


Cachoeiras de Macacu – 1.170


Cambuci – 310


Carapebus – 1.310


Comendador Levy Gasparian – 240


Campos dos Goytacazes – 11.330


Cantagalo – 450


Cardoso Moreira – 290


Carmo – 560


Casimiro de Abreu – 1.120


Conceição de Macabu – 590


Cordeiro – 670


Duas Barras – 260


Duque de Caxias – 11.230


Engenheiro Paulo de Frontin – 360


Guapimirim – 1.200


Iguaba Grande – 500


Itaboraí – 4.620


Itaguaí – 2.870


Italva – 290


Itaocara – 750


Itaperuna – 2.040


Itatiaia – 650


Japeri – 3.430


Laje do Muriaé – 140


Macaé – 6.240


Macuco – 180


Magé – 5.290


Mangaratiba – 1.290


Maricá – 4.270


Mendes – 390


Mesquita – 3.320


Miguel Pereira – 680


Miracema – 550


Natividade – 490


Nilópolis – 11.290


Niterói – 23.240


Nova Friburgo – 4.030


Nova Iguaçu – 14.930


Paracambi – 1.310


Paraíba do Sul – 1.210


Paraty – 1.140


Paty do Alferes – 470


Petrópolis – 9.810


Pinheiral – 540


Piraí – 660


Porciúncula – 480


Porto Real – 570


Quatis – 220


Queimados – 2.660


Quissamã – 720


Resende – 3.790


Rio Bonito – 1.710


Rio Claro – 450


Rio das Flores – 170


Rio das Ostras – 3.400


Rio de Janeiro – 231.840


Santa Maria Madalena – 240


Santo Antônio de Pádua – 1.300


São Francisco de Itabapoana – 560


São Fidélis – 820


São Gonçalo – 27.590


São João da Barra – 1.400


São João de Meriti – 14.870


São José de Ubá – 200


São José do Vale do Rio Preto – 390


São Pedro da Aldeia – 1.770


São Sebastião do Alto – 230


Sapucaia – 390


Saquarema – 2.490


Seropédica – 1.500


Silva Jardim – 480


Sumidouro – 280


Tanguá – 840


Teresópolis – 4.700


Trajano de Moraes – 320


Três Rios – 4.310


Valença – 2.570


Varre-Sai – 280


Vassouras – 1.170


Volta Redonda – 3.900

Verão, crianças e pandemia: 12 cuidados para adotar no período

Nenhum comentário



Dr. Paulo Telles pediatra pela SBP explica os principais cuidados com as crianças no verão.


Estação preferida da garotada, o verão traz dúvida aos pais e atenção redobrada com a saúde e a segurança

Férias, calor, alegria e diversão. Todos esses substantivos são sinônimos do verão, estação que costuma ser a preferida da garotada em todo o país.

O período, no entanto, é repleto de perigos que demandam atenção redobrada de pais e cuidadores, como riscos de afogamento, queimadura solar, desidratação, infecção gastrointestinal, micoses de pele e outros.

Dr. Paulo Telles, pediatra pela Sociedade Brasileira de Pediatria, lembra ainda que neste ano cheio de desafios por conta da COVID-19, as crianças estão ansiosas e precisando de espaço e liberdade.

"E por isso vale ressaltar mais uma vez: não se esqueçam dos cuidados que ainda devem ser tomados pela pandemia, como evitar aglomerações, uso de máscara em espaços públicos e higiene frequente das mãos. Prefira sempre lugares abertos e ventilados, como parques, praças e praias", destaca o médico.

Para manter as crianças seguras o pediatra pede que pais e cuidadores fiquem atentos às seguintes dicas:

- Risco de afogamento. Crianças na piscina e mar devem sempre estar assistidas, usando boias e coletes adequados para a idade e tamanho, caso não saibam nadar. "Mas fique de olho o tempo todo, cuidado com distrações como o celular e bebidas alcoólicas!"

- Atenção ao excesso de sol, que pode causar insolação, além dos riscos das queimaduras solares em médio e longo prazos.

- Use muito protetor solar: "FPS 50 ou mais e repasse sempre que a criança for na água ou suar muito e/ou a cada 3 horas. Evite exposição nos horários de maior risco, entre 10h e 16h, em que o sol está mais forte. Chapéus e roupas com proteção UV são sempre bem-vindos", ensina o médico.

- Cuidado com as picadas de inseto, especialmente nas regiões endêmicas, em que insetos transmitem doenças graves. Dr. Paulo recomenda o uso de maneira adequada do repelente, conforme instruções do produto e idade da criança, e sempre por cima do protetor solar quando for usar ambos.

- Atenção à desidratação! "Cabe aos pais, de maneira ativa, insistir para que as crianças tomem muita água ao longo do dia de diversão."

- Fiquem atentos à alimentação: prefira alimentos mais leves, como frutas, legumes e grelhados e evite frituras e comidas prontas na praia e parques. Lave sempre as mãos antes das refeições porque as viroses intestinais e intoxicações alimentares também são mais comuns no verão.

- Os acidentes em parquinhos aumentam no verão: cuidado com escaladas, escorregadores e brinquedos altos.

- Se for pegar barcos e embarcações, deixem as crianças sempre com colete salva-vidas.

- Ao usar bicicleta, patins, skate e patinete, lembre-se sempre de usar equipamentos de proteção de maneira adequada, como capacete, joelheira e cotoveleira.

- As infeções fúngicas de pele aumentam muito no calor. "Prefira calçados ventilados e troque as roupas úmidas com mais frequência. Dê preferência a roupas leves e claras", ensina Dr. Paulo.

- Mesmo nas férias, atenção ao sono e descanso adequados dos pequenos, porque de manhã precisam estar com as baterias recarregadas para mais um dia de diversão.

- Faça sempre a revisão do carro antes de viajar, descanse antes de dirigir e use sempre cadeiras de transporte adequados para cada faixa etária.

"Às vezes, medidas simples, como trocar o tênis pelo chinelo, passar repelente e protetor solar podem fazer toda a diferença na saúde e no bem-estar da criança e na tranquilidade e no descanso de pais e cuidadores", conclui o pediatra.

Dr. Paulo Nardy Telles

CRM 109556 @paulotelles

• Formado pela Faculdade de medicina do ABC

• Residência médica em pediatra e neonatologia pela Faculdade de medicina da USP

• Preceptoria em Neonatologia pelo hospital Universitário da USP

• Título de Especialista em Pediatria pela SBP

• Título de Especialista em Neonatologia pela SBP

• Atuou como Pediatra e Neonatologista no hospital israelita Albert Einstein 2008-2012

• 18 anos atuando em sua clínica particular de pediatria, puericultura.

TRE-RJ: Consulta à sociedade irá contribuir no planejamento estratégico. A Pesquisa vai até o dia 31/01.

Nenhum comentário




Pesquisa pública vai nortear a atuação do TRE-RJ no período de 2021 a 2026

Está disponível no site do TRE-RJ, até o dia 31 de janeiro, a pesquisa pública do Tribunal, que servirá para ajudar na construção do novo Plano Estratégico (2021-2026).  Tradicionalmente direcionada a servidores e magistrados, a pesquisa deste ano inclui também os eleitores e consiste de um breve questionário que aborda aspectos como a missão e visão de futuro do Tribunal, bem como os benefícios e valores que devem estar agregados aos serviços prestados. “A contribuição de todos é fundamental no aprimoramento desses serviços”, diz a coordenadora de planejamento estratégico, Suzana Martins.

Essa Pesquisa de Diagnóstico constitui a etapa preliminar da elaboração do Plano Estratégico, que irá definir os objetivos institucionais a serem alcançados nos próximos cinco anos. Alinhado à Estratégia Nacional do Poder Judiciário, aprovada em 2020, o planejamento estratégico do Tribunal busca definir caminhos para tornar o atendimento à sociedade mais eficiente, eficaz e célere. O Plano deverá ainda contemplar temáticas ligadas à garantia dos direitos fundamentais, à relação institucional do Judiciário com a sociedade, à agilidade e produtividade na prestação jurisdicional e ao enfrentamento à corrupção, improbidade administrativa e ilícitos eleitorais.

Jornalismo TRE-RJ

Inscrições abertas para a Colônia de Férias On-line Firjan SESI

Nenhum comentário



Estão abertas as inscrições para a tradicional Colônia de Férias Firjan SESI em todo estado do Rio de Janeiro. Em razão da pandemia do novo coronavírus, a edição 2021 acontecerá no formato virtual entre os dias 25 a 29/1. Trata-se de uma proposta leve, lúdica e recreativa para crianças de 6 a 10 anos terem muita diversão sem renunciar à segurança. As atividades interativas vão acontecer ao vivo, sempre das 10h30 às 12h.

Neste ano, as atividades foram adaptadas para o espaço doméstico. Oficina Cozinha Brasil Kids, Ritmos Kids, Jogos Interativos, Jogos Educativos, Gincanas, Brincadeiras Cantadas e Momento Mágico são alguns dos desafios propostos para a garotada. Tudo isso desenvolvido por profissionais qualificados da Firjan SESI.

Para participar, basta preencher o formulário de interesse disponível em www.firjan.com.br/coloniadeferias. Os preços variam entre R$ 41 e R$ 50 e levam em consideração a política interna de descontos para vínculos e perfis específicos. Associados Firjan, estudantes da Firjan SENAI SESI e ex-coloninhos, por exemplo, têm direito à dedução.

Outras informações pelos telefones 0800 0231 231 ou 4002-0231, de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

ASCOM

Eleitor que não votou no 1º turno deve justificar ausência até hoje (14)

Nenhum comentário

 



O requerimento só pode ser feito remotamente, pelo site do TRE-RJ ou pelo aplicativo e-Título


Termina nesta quinta-feira (14) o prazo para justificar a ausência nas urnas no primeiro turno, realizado em 15 de novembro. Devido à pandemia, a justificativa deve ser realizada de forma remota, por meio do Sistema Justifica, disponível nos sites do TRE-RJ (www.tre-rj.jus.br) e do TSE (www.tse.jus.br), ou pelo aplicativo e-Título, disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store.

Segundo turno

No dia 28 de janeiro, encerra-se o prazo de justificativa da ausência na votação do segundo turno em Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Rio de Janeiro, São Gonçalo e São João do Meriti. Esse é o caso dos eleitores que não compareceram às urnas e deixaram de justificar em 29 de novembro, quando foi realizado o segundo turno nos municípios. Também a justificativa relativa ao segundo turno deverá ser feita de forma remota, no site do TRE-RJ ou no aplicativo e-Titulo.

Como fazer?

O eleitor deve preencher corretamente o formulário disponibilizado, fazendo uma descrição detalhada dos motivos da ausência às urnas, e anexar pelo menos um documento que comprove o motivo pelo não comparecimento à votação, como bilhetes de passagem ou atestado médico, por exemplo. Para quem estava no exterior na data da eleição, o prazo para justificar é de até 30 dias após o retorno ao Brasil. Após esse prazo, o eleitor que não votou e nem justificou a ausência deverá regularizar sua situação junto à Justiça Eleitoral por meio do pagamento de multa no valor de R$ 3,51 por turno.

Consequências

O eleitor que não votar nem justificar a ausência não pode se inscrever em concurso ou realizar prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles. Pode haver suspensão dos vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição.

Também fica impedido de participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias e não pode obter a certidão de quitação eleitoral. Não pode obter passaporte (essa restrição não se aplica ao eleitor no exterior que requeira novo passaporte para identificação e retorno ao Brasil). Fica impedido de renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e não poderá ainda pedir empréstimos nas autarquias, sociedades de economia mista, caixas econômicas federais ou estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

 TRE-RJ

© Jornal Olhar
Todos os direitos reservados.