Campos vai receber hospital de campanha


A previsão do Governo do Estado é de que todos os hospitais de campanha estejam prontos até o fim deste mês de abril. Além de Campos dos Goytacazes, as cidades de Nova Friburgo, na Região Serrana, e Casimiro de Abreu, na Região dos Lagos, também terão hospitais de campanha, com 100 leitos cada. De acordo com a secretaria estadual de Saúde, a montagem das unidades dura, em média, de 12 a 15 dias.
Segundo o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, as cidades selecionadas para participar da ação são consideradas áreas estratégicas para acolher quem precise de internação. Ainda segundo Edmar Santos, Campos dos Goytacazes deverá ser a última cidade do interior a receber a implantação do hospital de campanha. A primeira será Nova Friburgo, seguida de Casimiro de Abreu.
As empresas contratadas para a instalação dos hospitais de campanha são as responsáveis também pela compra dos respiradores. Atualmente, o estado do Rio de Janeiro conta com 1.596 respiradores mecânicos. Para se ter uma ideia, se hoje tivessem 16 mil pessoas contaminadas pela Covid-19, o estado usaria a capacidade máxima desse total de respiradores.
“Hoje há dificuldade de comprar respiradores e alguns equipamentos. Por isso, é tão importante achatar a curva de contaminação e continuar o isolamento para que dê tempo para que os materiais cheguem, para que as estruturas sejam montadas e os testes sejam feitos na população”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos.
Em Campos, diversas ações de combate ao coronavírus estão sendo implementadas. Dentre elas estão o Centro de Controle e Combate ao Coronavírus; a criação do Centro de Informações da Covid-19, através do 192; e a realização de barreiras sanitárias nas rodovias de acesso ao município.

Até a última terça-feira, o Governo do Estado contabilizava três casos confirmados de coronavírus em Campos dos Goytacazes. Na lista divulgada pela Prefeitura de Campos, já há 9 casos confirmados da doença no município.
Em alguns casos, como o de Campos, os dados confirmados pelos municípios à imprensa são maiores do que os que constam na lista do Estado. Isso ocorre devido à atualização que é feita pelo governo estadual posteriormente.
Em todo o estado, na lista oficial do Governo, o número de infectados chega a 1.688 e o de mortos por Covid-19, a 89. Ainda segundo o governo estadual, há 70 óbitos em investigação.
Os leitos de campanha montados pelo Estado ficarão distribuídos da seguinte maneira: 400 no Complexo do Maracanã; 200 ao lado do Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo; 200 no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias; 200 no Parque dos Atletas, em Jacarepaguá; 200 no terreno do 23º BPM, no Leblon; 500 em Nova Iguaçu; 100 em Campos dos Goytacazes, no Centro; 100 em Nova Friburgo; e 100 no Hospital Regional Gélio Alves Faria, em Casimiro de Abreu.
Com essa e outras medidas, o governo espera implantar em todo o estado 3.360 leitos para tratamento de pessoas com sintomas da Covid-19.

G1

Nenhum comentário