Vereador de São Francisco é Preso


O vereador Jarédio Azevedo (SD), de São Francisco de Itabapoana, foi preso no final da tarde desta terça-feira (12). Ele foi levado para 134ª Delegacia de Polícia (Centro), em Campos, e só deve ser encaminhado para a cadeia nesta quarta-feira (13). O vereador é acusado pelo Ministério Público da prática dos crimes de corrupção e coação de testemunhas. Também foi preso Wagner Marins Gomes, que seria ex-assessor do parlamentar. A prisão preventiva foi decretada pelo juiz de SFI, Alexandre Rodrigues de Oliveira.
A decisão tem relação com o processo no qual Mateus Barreto Azevedo, irmão de Jarédio, é acusado pelo homicídio Sérgio Roberto Balbino de Souza, que foi assassinado no final de setembro de 2016 (aqui), nas proximidades de um comício, na área central do município. Mateus continua preso. De acordo com a nova decisão judicial, “há fortes indícios de que os denunciados [Jarédio e Wagner] tentaram coagir e subornar as testemunhas do processo”.
Polêmicas — Jarédio chegou a ter a prisão decretada, em processo eleitoral, no ano passado. No entanto, a medida restritiva foi revogada antes de ele ser encontrado. Antes de ter a prisão decretada, uma outra medida restritiva afastou Jarédio do cargo no dia 4 de setembro do ano passado. Somente quatro meses depois, no dia 4 de dezembro, as duas restrições foram revogadas. Mesmo afastado do cargo, Jarédio continuou recebendo. No retorno à Câmara, em articulações nos bastidores, quase foi eleito presidente para este biênio. No entanto, a sessão em que ele foi colocado como candidato à presidência da Casa, não chegou a ocorrer.

Folha1/C24h

Nenhum comentário