Justiça define prefeitos em Rio das Ostras e Arraial do Cabo

A justiça eleitoral decidiu a situação de dois dos cinco municípios da região que estavam com a situação indefinida após o resultado das urnas: Arraial do Cabo e Rio das Ostras. Os candidatos a prefeito mais votados aparecem no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com a votação zerada e recorrem para ter o deferimento de seus registros e consequente validação dos votos. Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Conceição de Macabu e Rio das Ostras continuam aguardando o julgamento dos recursos.

Em Rio das Ostras, aparecia como mais votado o candidato Deucimar (PRP), que obteve 10.503 votos. Entretanto, o mais votado foi Carlos Augusto (PMDB), com 28.046 votos, que teve o seu registro deferido na noite dessa quarta. A mesma situação de Arraial do Cabo, onde candidatura de Renatinho Vianna (PRB) à Prefeitura foi deferida. O resultado no TSE apresentava José Bonifácio (PDT) com a maior parte dos votos válidos (2.170). Contudo, Renatinho Viana obteve 10.677 votos e, agora, é o vencedor da eleição.

Sem definição – No município de Conceição de Macabu, o prefeito Claudio Linhares (PMDB) somou 4.637 votos, mas tem a candidatura indeferida. Caso reverta a situação, Linhares será prefeito pela quarta vez. Por enquanto, aparece como mais votado Dr. José (PSDB), com 4.003 votos válidos.
Na cidade de Cabo Frio a situação não é distinta. O deputado federal Marquinho Mendes (PMDB) obteve 44.161 votos, mas aguarda decisão da Justiça Eleitoral para ter seus votos validados. Enquanto isso, Dr. Adriano (Rede), com 23.287 votos, aparece com mais votos válidos no TSE.

Em Casimiro, Paulo Dames (PSB) totalizou 11.472 votos, mas está com a candidatura indeferida. Com isso, Fabinho Kiffer (PSC), com 8.503 votos, aparece com mais votos válidos.

Outra – Também segue indefinida a sitação de Rio Bonito, que traz interferência política em São João da Barra. Aparece como eleito o deputado estadual Marcos Abrahão (PT do B). No entanto, o mais votado e com pendências no registro é José Luiz Mandiocão (PP). O suplente do deputado é o vereador de SJB Kaká (PT do B), que não conseguiu a reeleição. Se Abrahão for empossado prefeito, Kaká assume uma cadeira na Alerj.

Camila Silva - Fmanha

Nenhum comentário