Carla Machado e o processo Machadada


Pré-candidata à sucessão municipal em outubro deste ano, a ex-prefeita de São João da Barra, Carla Machado (PP) está confiante no julgamento do processo decorrente da “Operação Machada”, que apura “compra de candidatos adversários à Câmara Municipal” na eleição de 2012.

Para a ex-prefeita, o julgamento poderá comprovar que o seu grupo político foi vítima de uma injustiça, “que contou com a cooperação de adversários visando melar o resultado da eleição”.

Os adversários, segundo ela, diante de uma derrota anunciada por pesquisas eleitorais, “tentaram montar flagrantes para numa etapa posterior judicializar o processo eleitoral”.
“Mas tudo está se esclarecendo. O que se deve fazer agora é garantir tranquilidade para que o juiz responsável pelo julgamento faça o seu trabalho. As manobras, no entanto, estão se revelando pouco a pouco”, disse a ex-prefeita, destacando que uma testemunha de acusação, Arlindo Júnior, chegou a ser detida durante o depoimento por falso testemunho. “Infelizmente o testemunho de Arlindo não terá validade, visto que durante a sua oitiva foi dada ordem de prisão”, escreveu Carla em uma postagem em sua página no Facebook.

Carla Machado também destacou que as testemunhas foram interpeladas pelos advogados de defesa durante a oitiva, levantando vários pontos que ela considera contraditórios em todo o episódio. “Ao mesmo tempo em que fico indignada com essas coisas, me sinto aliviada por saber que está perto do fim essa novela, onde a covardia e a injustiça imperaram. Apesar do ocorrido, acredito na Instituição Policia Federal e tenho fé que seja feita a Justiça”, destacou a prefeita. 

Embora a ex-prefeita esteja procurando demonstrar-se tranqüila, na opinião de várias pessoas ela está apenas “fazendo cena para disfarçar sua intranqüilidade”. Uma delas é o ex-vereador Zezinho Camarão.

Em seu blog, Camarão acaba de postar: “Para quem se achava a toda poderosa, a ex pretérita está mostrando desespero incontrolável. Ao invés de se defender das provas contra, fica colocando vídeos editados, querendo colocar culpa dos seus crimes em outras pessoas".  
 
O Diário

Nenhum comentário