Sebrae/RJ realiza série de conferências inédita sobre efeitos da economia, política e tecnologia para MPEs

Série de conferências inédita leva a 15 municípios do interior do estado do Rio análise sobre efeitos da economia, política e tecnologia para MPEs
A ação do Sebrae/RJ beneficiará 15 municípios do interior do estado do Rio; Petrópolis será a primeira cidade a receber a conferência no dia 17 de junho, seguida de Teresópolis, dia 18
foto_AugustoFranco2
O programa Sebrae Inteligência Setorial inicia no dia 17 de junho (quarta-feira), às 19h, no Sebrae Petrópolis (Rua 24 de Maio, 2 – Centro), a série de conferências “Macro e micro competitividade – efeitos da economia, política e tecnologia sobre as micro e pequenas empresas”, que passará, ao longo do ano, por 15 municípios do interior do estado do Rio de Janeiro.  No dia seguinte, dia 18 (quinta-feira), a conferência será realizada em Teresópolis, na ACIAT - Associação Comercial Industrial e Agrícola de Teresópolis (Avenida José Joaquim de Araújo Regadas, 142 – Várzea), no mesmo horário.

Em três módulos – econômico (câmbio e inflação), político (legislação) e tecnológico (novas tecnologias) –, a conferência, que será ministrada pelo economista e consultor de empresas Augusto Franco, ex-dirigente do Sistema Firjan, vai abordar o impacto – positivo e negativo – de informações estratégicas sobre micro e pequenos negócios.
O objetivo também é apresentar o portal Sebrae Inteligência Setorial (www.sebraeinteligenciasetorial.com.br) aos empresários de micro e pequenas empresas como uma fonte de informação. O programa monitora e oferece gratuitamente informações estratégicas validadas por especialistas sobre os setores de moda, turismo, construção civil, petróleo & gás e alimentos.
Segundo Franco, o excesso de informações e a falta de critérios de seleção de conteúdos podem ser um risco para a estratégica de crescimento também dos pequenos negócios. “Antigamente a maior dificuldade do mercado era a falta de informação, que provocava incertezas e aumentava a probabilidade de erro na gestão de qualquer empreendimento. Hoje temos um cenário oposto e um novo desafio: a falta capacidade de processamento de tanta informação, principalmente nos pequenos negócios”, afirma.
O consultor adverte que o empresário precisa saber identificar notícias que realmente impactem em seu negócio e as fontes de credibilidade. “É fundamental se orientar por meio de informações relevantes e de qualidade. O empresário precisa estar atento às fontes oficiais e especializadas sobre o mercado em que ele atua. A tipicidade do seu mercado pode fazer com que o câmbio, por exemplo, tenha mais ou menos impacto no seu negócio.”
Depois da Região Serrana as conferências serão realizadas em Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Resende, Valença, Volta Redonda, Campos dos Goytacazes, Angra dos Reis, Cabo Frio, Itaperuna, Três Rios, Duque de Caxias, Barra Mansa e Niterói. As datas e locais serão divulgados gradativamente. O conjunto dos municípios foi definido com base na maior interseção dos setores econômicos atualmente atendidos pelo programa.
Perfil de Augusto Franco - Especialista em desenvolvimento econômico do Estado do Rio de Janeiro, foi economista do Centro de Estudos de Empresas do Ibre-FGV e consultor de diversas entidades e empresas, tais como: Federação das Indústrias de Brasília (Fibra) e Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Foi professor da Associação Brasileira de Ensino Universitário, da Universidade Estácio de Sá, da Puc-Rio e da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Profissional com experiência de 32 anos em questões do dia a dia das empresas brasileiras, e em especial nos últimos oito anos atuou como diretor-geral do Sistema Firjan. 
Programação nas cidades da Região Serrana:
Petrópolis
Data e horário: 17 de junho (quarta-feira), às 19h
Local: Sebrae Petrópolis (Rua 24 de Maio 2, Centro)
TeresópolisData e horário: 18 de junho (quinta-feira), às 19h
Local: ACIAT (Avenida José Joaquim de Araújo Regadas 142, Várzea)


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
  

Nenhum comentário