José Dirceu se encontra com o Secretário de Educação de Campos dos Goytacazes


Após um site de notícias vazar e divulgar com exclusividade uma foto registrada durante um encontro entre Brand Arenari (Secretário de Educação de Campos dos Goytacazes) e o exministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, o secretário de Educação de Campos negou que tenha sido um encontro formal e representando o governo. 

Segundo Brand, a conversa teria acontecido nesta quarta-feira (05) por coincidência, já que quando estava almoçando em uma churrascaria de alto padrão, teria encontrado ocasionalmente com Dirceu, que também almoçava no mesmo local. Ao falar com o ex-ministro, Brand e seu assessor teriam sido convidados para sentarem à mesa. Em nota enviada para a nossa redação, Brand também arma ser critico ao modelo de política adotado pelo PT mos governos de Lula e Dilma.

 É importante contextualizar que Brand como secretário de Educação vem fazendo uma boa gestão de sua pasta, apontado nos bastidores como um dos principais pré-candidatos do grupo governista na disputa por uma cadeira na Câmara Municipal. No entanto, apesar da justicativa de Brand, nos bastidores o encontro do secretário com o exministro não pegou nada bem. É difícil de entender que alguém arma ser crítico ao modelo de governo do PT, mas senta à mesa com um dos políticos apontados como o líder do mensalão, com 23 anos de condenação na Lava Jato por diversos crimes como lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva. 

Pior ainda em um momento de tensão política na cidade. Nos últimos dias um veículo de comunicação da cidade ligado ao governo Rafael Diniz quis polemizar uma questão interna do PT, que em Campos sempre se portou como partido de aluguel, apelidado por Anthony Garotinho de “partido da boquinha”. O papel do PT no tabuleiro político, mesmo com toda a rejeição ao partido, é de extrema importância, e com toda certeza o grupo governista não quer que o partido apoie algum outro adversário, e vem incentivando que o partido mantenha uma candidatura própria ou uma aliança com Rafael, o que seria quase um abraço dos afogados. 

Brand também lamentou que um encontro ocasional tenha sido interpretado dessa forma. Ele como secretário – que por sinal realiza uma boa gestão em sua pasta – e pré-candidato á vereador pelo PSB, deveria ser mais cuidadoso com os seus encontros e desencontros.

O Site é o ClickCampos de onde foi retirado o texto e a informação.

ClickCampos - Fabrício Nascimento

Nenhum comentário