Royalties chega com aumento nos cofres públicos


Municípios registram novo aumento no repasse de royalties

Os 16 municípios produtores de petróleo da Bacia de Campos registram, em junho, novo aumento no repasse de royalties, que entrará nesta sexta-feira nas contas das prefeituras. Para Campos serão depositados R$ 35.705.523,50, valor 4,22% maior que o do repasse do mês passado e 35,6% superior a junho de 2017 (R$ 26.339.629). O município de São João da Barra receberá o maior repasse do ano, até o momento, de R$ 9.159.426,88. O depósito é 9,3% maior que o de maio e 47,56% quando comparado a junho passado.

Para o superintendente de superintendente de Petróleo, Gás, Biocombustíveis e Tecnologia, da prefeitura de São João da Barra, Wellington Abreu, o aumento em junho já era esperado e não se configura uma surpresa para os municípios beneficiados com o repasse mensal via a Agência Nacional de Petróleo (ANP).

— Mês passado já havia mencionado este aumento. Devemos ter mais um para o mês de julho e uma boa Participação Especial agora em 10 de agosto. Reflexo do aumento do câmbio e do preço do petróleo do início de abril para cá —, disse ele.

Ele, porém, alerta para questões que ainda estão pendentes no setor petrolífero e seu resultado afetaria diretamente os municípios produtores. “Sigamos com cautela, pois o mercado internacional está tenso e teremos agora no fim do mês a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e Audiência Pública da ANP, quanto à questão da redução de alíquotas. E nada da Alerj pautar o Repetro. Momento delicado...”, completa Wellington.

Outros — O município de Macaé ficou com o maior repasse (R$ 42.897.577,82) na frente, inclusive, de Maricá (R$ 41.635.421,12). No caso de Quissamã o depósito será de R$ 5.431.173,13 — 3% a mais do que em maio.

CAMPOS AO VIVO E REGIÃO
JOSELI MATIAS E DORA PAULA PAES

Nenhum comentário