MP Eleitoral de Campos propõe Aije pedindo a cassação do registro da chapa de Dr. Bruno/Pr.Éber

 



O Promotor Eleitoral de Campos dos Goytacazes, José Luiz Pimentel Batista, propôs, nesta sexta-feira (13), uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral pedindo a inelegibilidade e a cassação do registro da candidatura a prefeito de Dr. Bruno Calil e do vice Pastor Éber Silva, além da inelegibilidade do Coronel Fabiano.

Na Aije, nº 0600964-72.2020.6.19.0076, Ministério Público alega que “recebeu informações de que o 1º e 2º Representados (Dr. Bruno Calil e o Pastor Éber Silva) estariam usando a imagem do Tenente Coronel da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Fabiano Santos de Souza (3º Representado), para realização de propaganda eleitoral, sendo certo que o referido agente público vem participando de reuniões, discursando em comícios e realizando diversas postagens em sua página pessoal do Facebook, utilizando-se de sua imagem institucional, de “Tenente
Coronel”, para promoção dos citados candidatos.”.

Coronel Fabiano chegou a ser lançado candidato a vice na chapa de Caio Vianna, porém declinou da disputa, e passou a apoiar o candidato Dr. Bruno


T.NF

Nenhum comentário