Candidato a vice prefeito em Caxias é denunciado por agressão a fiscal do TRE-RJ




Professor Pedro Paulo concorre na chapa majoritária do Partido Verde

Agredido pelo candidato a vice-prefeito do Partido Verde (PV), Pedro Paulo Noyma, o Professor Pedro Paulo, um fiscal da 127ª Zona Eleitoral de Duque de Caxias registrou boletim de ocorrência  na 59ª Delegacia de Polícia Civil, com apresentação da perícia médica, que havia atestado o traumatismo de córnea do agente público. O relatório da fiscalização foi encaminhado ao Ministério Público Eleitoral, que deverá ajuizar ação contra o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Gutemberg dos Santos, o Professor Gutemberg (PV).


Presente no momento da agressão, no domingo (8), o candidato a prefeito Gutemberg também hostilizou o fiscal, com apoio de cabos eleitorais. Motivada pelo uso irregular de caminhão de som na Praça Roberto Silveira, a menos de 200 metros de estabelecimento de ensino e prédios públicos, a abordagem do fiscal foi para obrigar os candidatos a desligar o som. O grupo formado pelos candidatos e cabos eleitorais desobedeceu e começou a ameaçá-lo. Enquanto aguardava a chegada de reforço da Polícia Militar, o fiscal do TRE-RJ foi cercado e agredido pelos cabos eleitorais, incitados por Pedro Paulo aos gritos de "mata ele". O comando de seta do veículo chegou a ser quebrado.

Essa foi a segunda vez que Pedro Paulo recusou-se a atender as orientações dos fiscais do TRE-RJ, por isso o caminhão seria apreendido. Na primeira vez, em 25 de outubro, o político havia cometido a mesma infração, no mesmo local, inclusive com caminhão de som estacionado na área interna da praça. Na ocasião, os fiscais atuaram apenas pedagogicamente e não houve apreensão do equipamento.Ao longo da semana, o perfil do candidato no Facebook tem publicado insultos ao fiscal eleitoral, entre os quais "primata" e "homicida". A Notícia de Irregularidade 0600288-68.2020.3.19.0127 será encaminhada também à Polícia Federal.

Jornalismo do TRE-RJ

Nenhum comentário