Responsive Ad Slot

Policial

Policial

ILPIs da região Sudeste recebem quase R$ 94 mi do Governo Federal

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

/ Jornal Olhar

 



ILPIs da região Sudeste recebem quase R$ 94 mi do Governo Federal


Quase R$ 94 mi serão destinados a 1.215 Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) da região Sudeste. Os atendidos pelas entidades habilitadas receberão o valor de R$ 2.322,34. Ao todo, 40.445 idosos institucionalizados serão beneficiados.

O balanço regional foi divulgado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) na sexta-feira (23). O estado de Minas Gerais é o primeiro colocado, com 542 instituições habilitadas. Em seguida, constam São Paulo (523), Rio de Janeiro (114) e Espírito Santo (36).

Em todo o país, R$ 160 mi de auxílio emergencial do Governo Federal serão concedidos a 2.118 ILPIs. As entidades foram habilitadas pela Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), do MMFDH.

A lista final com as ILPIs contempladas foi assinada pelo titular da SNDPI, secretário Antonio Costa, e disponibilizada na página do MMFDH na quinta-feira (22). Veja aqui.

A previsão é de que 68.896 idosos de todo país sejam beneficiados. Considerado o número de idosos atendidos, o valor do repasse após o rateio será de R$ 2.322,34 por pessoa.

A titular do MMFDH, ministra Damares Alves, destaca que a iniciativa de fornecer recursos diretamente para as instituições que abrigam idosos é inédita no Brasil. "O presidente Jair Bolsonaro ouviu o apelo dessas instituições. Estamos escrevendo uma nova história na política de proteção ao idoso no Brasil", disse.

A ministra também ressalta que a medida, estabelecida pela Lei 14.018/20 e regulamentada pela Portaria 2.221/2020, foi construída em parceria com o Congresso Nacional e o Ministério da Economia. Ela ressaltou ainda o papel da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, com o programa Pátria Voluntária, no apoio às instituições que atendem idosos no país.

Confira o texto da Lei nº 14.018

Clique aqui para acessar a Portaria nº 2.221

O titular da SNDPI, Antonio Costa, explica que as instituições receberão um curso de gestão financeira gratuito. Além disso, segundo ele, será disponibilizada uma cartilha para auxiliar na utilização dos recursos. "Esse é o começo de uma grande caminhada no nosso compromisso de criar políticas públicas para atender essas entidades", afirmou.

Repasse

O pagamento do auxílio será realizado em parcela única, por meio eletrônico e à vista. Além disso, não será autorizada a realização de transferências entre contas, uso de cheques, saques em espécie ou pagamentos parcelados.

As instituições deverão realizar a prestação de contas dos recursos que poderão ser usados para adquirir equipamentos médico-hospitalares de livre comercialização; alimentos para o favorecimento da melhora da imunidade dos idosos atendidos; e produtos e materiais para limpeza e descontaminação dos ambientes, por exemplo.

A ação de repasse conta com a parceria da Fundação Banco do Brasil.

Solidarize-se

A liberação do dinheiro faz parte da segunda ação de investimento do programa Solidarize-se, coordenado pela SNDPI. Outros R$ 5 milhões, investidos na primeira ação de investimento do programa em forma de doações para 500 ILPIs, já resultaram na entrega de 239,5 mil máscaras, 22,3 mil cestas de alimentos e 11,5 mil kits de higiene.
Mais
© Jornal Olhar
Todos os direitos reservados.