Ex-companheiro de professora morta em academia se entrega em delegacia no RJ e confessa crime


O suspeito de matar a tiros a ex-companheira em uma academia em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, se apresentou na noite desta quinta-feira (4) na 143ª Delegacia de Polícia de Itaperuna, no Noroeste. A professora Regiane da Silva Santos, de 35 anos, foi assassinada na noite de quarta (3).
Segundo a Polícia Civil, ele confessou o crime e foi para Itaperuna porque estava com medo de represálias em Campos. Ainda de acordo com a Civil, o suspeito estava acompanhado de um advogado e já prestou depoimento.
Durante o depoimento, o suspeito disse que cometeu o crime por ciúmes da ex-companheira e por medo de não ver os filhos.
O homem será encaminhado para o Presídio Diomedes Vinhosa Muniz.
A Justiça expediu na noite de quinta um mandado de prisão temporária contra o ex-companheiro de Regiane.

Nenhum comentário