DETRAN.RJ PARTICIPA DE CAMINHADA POR TRÂNSITO SEGURO


DETRAN.RJ PARTICIPA DE CAMINHADA POR TRÂNSITO SEGURO

Ação acontece neste domingo, 19, a partir das 8h, na praia de Copacabana

Em 2018, 39% das 1.925 mortes no trânsito do Estado do Rio foram por atropelamento. O simples atravessar na faixa de pedestres pode mudar esta situação. Por conta disso, o Detran.RJ decidiu focar suas ações do Maio Amarelo deste ano no pedestre e integrará a Caminhada pela paz no trânsito, que acontece domingo (19) na praia de Copacabana, com concentração em frente ao Copacabana Palace. No local, agentes da Coordenadoria de Educação do Detran.RJ montarão uma tenda, onde serão desenvolvidas atividades lúdicas com informações sobre um trânsito mais seguro e distribuição de brindes para as crianças.
A Operação Lei Seca também estará no evento, alertando a população sobre os riscos da mistura perigosa de bebida e direção. Uma equipe de Educação montará um circuito para o pedestre testar seus próprios reflexos, com o auxílio de um óculos simulador de embriaguez.

Ainda em 2018, 28.053 pessoas foram vítimas do trânsito no estado do Rio de Janeiro. Apesar da redução de 9,5% do total de vítimas em relação a 2017, os números ainda são considerados muito altos pelo Detran.RJ. “Precisamos mudar esta realidade e lembrar que o pedestre é o ator mais frágil na logística de trânsito”, reforça o presidente Luiz Carlos das Neves.

A caminhada começará às 9h e é a integração de esforços entre os governos estadual e municipal com entidades da sociedade civil. O local foi escolhido por ser uma área extremamente movimentada que mistura crianças, idosos e deficientes, além de ter um trabalho de respeito ao pedestre e não permitir bicicletas fora da ciclovia.
Durante todo o mês de maio o Detran.RJ vem ativando manifestações que chamem atenção um trânsito mais seguro, com foco no pedestre. Agentes da Coordenadoria de Educação participam da Operação Transite Seguro desde o último dia 6. Eles abordam as pessoas mostrando a importância da adoção de atitudes seguras e preventivas. Entre outros locais, já estiveram presentes na esquina mais movimentada de todo o Estado, na Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no Centro do Rio.

Os agentes conscientizam os pedestres sobre o uso de faixas, passarelas e passagens subterrâneas para atravessar as vias. O respeito à sinalização e a necessidade de se andar na calçada, atender ou mandar mensagens pelo celular somente em local seguro e não utilizar fones de ouvidos ao atravessar ruas são também comportamentos essenciais.
Conforme levantamento de dados de 2018 feita pelo Detran.RJ, a Avenida Presidente Vargas é a quarta via mais perigosa do município do Rio. Ela vem depois das avenidas Brasil, das Américas e Pastor Martin Luther King.

O Detran.RJ também faz palestras de conscientização em empresas, entre elas, companhias de ônibus para transporte de passageiros. No dia 1º, abrindo as comemorações do Maio Amarelo, o departamento iluminou o Maracanã, o Palácio Guanabara e o seu prédio-sede, na Avenida Presidente Vargas.

Nenhum comentário