A Prefeitura de Campos pode ter enganado a população, por conta de uma di


O governo Rafael Diniz, divulgou logo no início da sua gestão, uma dívida de R$ 2, 4 bilhões de reais que, segundo a sua equipe econômica, representou o resultado da auditoria, realizada por eles, assim que, chegaram à prefeitura, nas contas do governo anterior.

Todavia, ao se analisar cuidadosamente, o número divulgado pelos atuais gestores municipais, verificou-se que, a dívida consolidada ou fundada de longo prazo do município, totalizou o numerário de R$ 1, 086 bilhões até dezembro de 2018 e não ao quantitativo financeiro de R$ 2, 4 bilhões, conforme vem sendo anunciado pela mídia local.

 O montante de R$ 2, 392 ou aproximadamente R$ 2,4 bilhões, decorre do somatório do passivo atuarial ou déficit técnico ou a obrigação, da PREVICAMPOS de R$ 1, 305 bilhão, em relação aos aposentados e aos pensionistas, e a efetiva dívida consolidada (FGTS, Contribuições Previdenciárias e outros), registrada no relatório de Gestão Fiscal enviado ao Tribunal de Contas, de R$ 1, 086 bilhão.

Por fim, pode-se afirmar que, em face dos dados extraídos do relatório de Gestão Fiscal da Dívida Consolidada da Prefeitura de Campos que, a dívida de longo prazo do município correspondeu até o mês de dezembro de 2018, ao valor nominal de R$ 1, 086 bilhão e não ao valor de R$ 2, 4 bilhões.

http://blogdojosealvesneto.blogspot.com/2019/05/divida-de-longo-prazo-da-prefeitura.html

Nenhum comentário