Ibope: Sem Garotinho, Paes tem 26% e Romário 19%, Índio 10%, na disputa ao governo do Rio


Na primeira pesquisa de intenção de votos para o governo do Rio de Janeiro feita pelo Ibope sem o nome do ex-governador Anthony Garotinho (PRP), que teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral, o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM) aparece em primeiro lugar com 26%. Em segundo, está Romário, com 19%. Indio da Costa (PSD) vem em seguida com 10%, em empate técnico com Wilson Witzel (PSC), que tem 7%, e com Tarcísio Motta (PSOL), que marcou 6%. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Marcia Tiburi, do PT, tem 5%; Pedro Fernandes (PDT) marcou 3%; Marcelo Trindade, do Novo, 2%; e André Monteiro (PRTB) e Dayse Oliveira (PSTU), 1%. Luiz Eugênio Honorato (PCO) não pontuou.
O Ibope informou que, com a saída de Garotinho da disputa, esta pesquisa não deve ser comparada com os levantamentos anteriores, sendo a primeira de uma nova série. Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada em 25 de setembro, Eduardo Paes tinha 24%, seguido de Romário e Garotinho, ambos com 16%.
O Ibope também fez uma simulação de segundo turno entre Eduardo Paes e Romário. O candidato do DEM venceria a disputa, com 40%, contra 33% de Romário. Entre os entrevistados, 23% disseram que votariam nulo ou em branco neste cenário, e 3% não souberam responder
REJEIÇÃO AUMENTA
Em relação à última pesquisa, todos os candidatos tiveram seu índice de rejeição aumentado ou oscilando para cima, dentro da margem de erro. Em 25 de setembro, eram 27% os que não votariam "de jeito nenhum" em Eduardo Paes, número que subiu para 34%. Romário tinha rejeição em 25%, e agora está em 33%. Indio da Costa é rejeitado por 22%, Marcia Tiburi, do PT, por 19% (era 14%), e Tarcísio Motta por 14% (era 11%). Entre os cinco mais bem colocados em intenção de votos, a menor rejeição é de Wilson Witzel (8%).
A pesquisa Ibope também mostra em que segmentos cada candidato tem melhor performance. Eduardo Paes, que marcou 26% dos votos totais, se destaca entre os mais velhos. Na faixa etária acima de 55 anos, ele ficou com 34% da preferência. Já Romário, 19% no total, chega a 25% entre os eleitores de 25 a 34 anos. O senador tem melhor desempenho entre os homens (23%) do que entre as mulheres (16%).
Indio da Costa, que marcou 10%, tem seu melhor estrato entre os eleitores de cidades da periferia da região metropolitana do Rio, onde ficou com 13%. Wilson Witzel fez 7% na pesquisa, e chega a 14% entre os eleitores de nível superior, e a 15% entre os que têm renda acima de cinco salários mínimos. É um perfil parecido com o eleitorado de Tarcísio Motta, que fez 6% no total. O psolista fez 14% no estrato de nível superior de escolaridade e 13% na faixa de renda mais alta.
A pesquisa Ibope, contratada pela TV Globo e pelo GLOBO, ouviu 2002 eleitores fluminenses entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro. Eleitores que pretendem votar nulo ou branco foram 15%, e 5% não souberam responder.

Nenhum comentário