Prazo para biometria obrigatória em S. Sebastião do Alto e Trajano de Moraes termina em duas semanas


Eleitores desses municípios que não fizerem o cadastramento terão o título cancelado e não poderão votar nas próximas eleições

No próximo dia 24 termina o prazo para os eleitores de São Sebastião do Alto e Trajano de Moraes realizarem o cadastramento biométrico, que é obrigatório nesses dois municípios. Quem não fizer o procedimento terá o título cancelado e, além de ficar impossibilitado de votar nas próximas eleições, não poderá tirar passaporte, prestar concurso público ou obter empréstimos em bancos oficiais, entre outros impedimentos.

O cadastramento em São Sebastião do Alto, que até o momento alcançou  50,25 % do eleitorado local, é realizado na Rua João Luiz Daflon, 65 - térreo.  Já em Trajano de Moraes, onde 65,60% dos eleitores já realizaram o procedimento, o atendimento é feito na Av. Castelo Branco, 81. Em ambos os locais, os eleitores são atendidos de segunda a sexta, das 11h às 19h, e aos sábados, das 10h às 16h.

Documentos necessários

Para fazer o cadastramento, o eleitor deverá levar documento de identidade oficial com foto, um comprovante de residência recente (emitido até três meses antes da data do atendimento) e o título de eleitor, caso possua.

No caso de nova inscrição, os eleitores do sexo masculino maiores de 18 anos deverão apresentar, ainda, o comprovante de quitação militar. Já quem quiser atualizar o nome deve levar um documento que comprove a alteração dos dados, como a certidão de casamento, por exemplo.

Tecnologia

O sistema com leitor biométrico identifica as impressões digitais e impede que alguém vote no lugar de outro eleitor, ou mesmo que utilize um documento falso de identidade para tirar o título, já que cada pessoa possui impressões digitais únicas. Quando comparecer ao posto de atendimento, o eleitor fará a coleta da impressão digital, irá tirar fotografia digital e também atualizará os dados cadastrais.

No dia da eleição, ele será identificado em sua seção eleitoral por meio da impressão digital, e o sistema biométrico irá liberar a urna eletrônica para votação. No estado do Rio, os municípios de Búzios, Niterói, São João da Barra e Rio das Ostras já passaram pelo cadastramento biométrico obrigatório dos eleitores, e Queimados realiza o procedimento até 17 de março.

-- 
ASCOM - TRE/RJ

Nenhum comentário