Mercado de lavanderias cresce 15% com a volta às aulas


Lava e Leva Lavanderias espera fechar 2018 com 400 unidades pelo país
O mercado de lavanderias aqueceu com a volta às aulas. A Lava e Leva Lavanderias observou um aumento de R$ 15% em suas lojas espalhadas pelo país. "A rede como um todo viu a procura por lavar a roupa fora de casa crescer, principalmente com uniformes escolares. É muito positivo pois, além de receber a roupa prontinha, ainda economiza água e sabão em casa", conta Fernando Martins, fundador da rede.
A Lava e Leva Lavanderias fechou 2017 com saldo positivo. O faturamento anual de toda a rede saltou de R$ 48 milhões em 2016 para R$ 57 milhões no ano que se encerrou. O número de lojas abertas pelo Brasil também aumentou. Foram 90 novas lojas em 2017. "Começamos o ano com 250 unidades e finalizamos com 340. Estamos extremamente felizes com os resultados alcançados", revela Martins.
Para 2018, a meta é atingir mais de 400 unidades pelo país. A franquia oferece pacotes mensais para os clientes lavarem as roupas. "O preço sai muito mais barato do que contratar uma diarista ou empregada doméstica, sem contar a economia na conta de luz, conta de água, sabão e amaciante". A faixa de roupas lavadas por mês é de três milhões, unindo todas as unidades.

Nenhum comentário