Dia de violência por guerra de facções em Macaé tem PM morto


Uma disputa entre facções rivais pelo tráfico de drogas em Macaé (RJ), na região dos Lagos, instaurou o pânico entre os residentes da região nesta terça-feira (9).
Comerciantes e moradores entraram em toque de recolher e fecharam as portas de lojas ainda durante o dia. Quatro ônibus foram queimados, e o serviço de transporte público foi interrompido na cidade. Cinco pessoas ficaram feridas e um policial militar foi morto em confronto com criminosos.
Cerca de 100 policiais trabalham na região. De acordo com informações da PM, o cabo José Renê Araújo Barros, 35, foi ferido em operação na comunidade Lagomar e não resistiu. Trata-se do primeiro policial militar a morrer em serviço no Estado do Rio de Janeiro em 2018, num total de quatro assassinados somente neste ano.
Um perfil no Twitter, que se declara vinculado à facção criminosa ADA (Amigos dos Amigos), disse que moradores da cidade não devem sair de casa na noite desta terça. A facção disputa o comando do tráfico de drogas na região com o CV (Comando Vermelho) desde o final do ano passado.

Uol

Nenhum comentário