Petrobras quer que presidente do PT devolva R$ 1 milhão desviados

A Petrobras, assistente de acusação da Procuradoria-Geral da República, encaminhou ao
Supremo Tribunal Federal documento em que afirma esperar as condenações da presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e de seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, e quer que o casal devolva no mínimo R$ 1 milhão desviados da estatal.

Foto: JONATHAN CAMPOS / GAZETA DO POVO
Época. GLOBO

Nenhum comentário