Garotinho é levado pela Polícia Federal

O ex-governador Anthony Garotinho, foi levado, pela Polícia Federal, por volta das 10h30 desta quarta-feira, dentro do estúdio da rádio Tupi, no Rio de Janeiro. 

Os agentes da polícia Federal de Campos, cumpriram o mandado de prisão, em decorrência da sentença condenatória, expedida pelo juiz Ralf Manhães.

Alguns jornalista chegaram a entrar em contato com a sede da Polícia Federal do Rio de Janeiro, que chegou a contrariar a notícia, achando que a notícia podia ser falsa, mas na verdade o que ocorreu foi que ai invés de enviar os documentos para que a o Polícia Federal do Rio desse prosseguimento da análise e prisão, o próprio delegado de Campos, Dr. Cassiano, pediu para que seus policiais efetuasse a prisão. O Delegado foi um dos primeiros a confirmar a Prisão, já que partiu de Campos a solicitação.

Prisão domiciliar (ATUALIZADO 11:59)

A sentença que determina a prisão de Garotinho afirma que ele ficará em prisão domiciliar, com monitoramento eletrônico. Durante este período, só pode entrar em contato com a esposa, a ex-governadora Rosinha Matheus, com os filhos, netos e a mãe, assim como com os advogados.
Durante o período da prisão domiciliar, Garotinho também não poderá entrar em contato com nenhum meio de comunicação eletrônica, como telefones celulares ou internet e nem dar entrevistas. O ex-governador foi intimado a entregar o passaporte.

Qualquer visita médica só poderá acontecer se for comunicada previamente ao juiz do caso, com exceção das emergências. A fiscalização das medidas ficará a cargo da Polícia Federal.


Com  Informações do Blog Dizem por aí/ G1

Nenhum comentário