Prefeitura de Cambuci pode ter cometido um Crime Ambiental após desmatar 36 seres vivos


Sobre a postagem de ontem como pode ser vista aqui,  vimos que a Prefeitura Municipal de Cambuci, colocou seus defensores na rua, onde admite que cortaram as arvores por conta da raiz está danificando a calçada e a estrutura em torno do valão, então está se confirmando que houve sim o crime ambiental.

O correto seria a Prefeitura de Cambuci, consultar a sua secretaria municipal de Meio Ambiente, Ibama ou Ineia, antes de tomar essa atitude. 

Sendo que fica mais em conta para Prefeitura de Cambuci, colocar uma empresa terceirizada (prestadora de serviços), que pelo portal de transparência da Prefeitura não tem a informação da empresa que fez o serviço e nem o valor do serviço prestado para cortar as árvores, do que colocar uma empresa para fazer a manutenção corretiva e preventiva da área. Algumas pessoas estão falando que podaram as árvores por conta da raiz, mas o que aconteceu não foi a poda, foi o corte da árvore, como se fosse um fim de uma Vida, pois A ÁRVORE É UM SER VIVO!

Se alguém tem alguma dúvida quanto a isso, vejamos no Portal do MEC, que crianças na faixa etária de 5 anos de idade, já aprendem que A ÁRVORE É UM SER VIVO,  como podemos ver aqui, no Portal do MEC.

Lembrando que foram 36 árvores que foram cortadas.

Foto: Ilustração da capa do Livro A Árvore que não queria morrer

Nenhum comentário