Bolsonaro pode ir para o PR, mas deputado tem uma condição

O PR vai tentar atrair o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), que já anunciou que pretende deixar sua atual legenda, o PSC, por desentendimentos com a cúpula da sigla. O parlamentar fluminense é pré-candidato à Presidência da República na próxima disputa, em 2018, e apareceu em quarto lugar na última pesquisa Datafolha, de dezembro do ano passado, com 9% das intenções de voto.

As negociações com Bolsonaro estão sendo conduzidas pela cúpula nacional do PR, partido que tem a quinta maior bancada da Câmara, com 39 deputados. O parlamentar fluminense já conversou sobre o assunto com o ex-deputado Valdemar Costa Neto (SP), um dos condenados no processo do mensalão e que exerce forte influência na legenda.


Nas conversas que teve até agora com o PR, Bolsonaro tem exigido legenda para concorrer ao Palácio do Planalto em 2018. Dono do sexto maior tempo de TV em 2014 (01’16″04), o partido, porém, ainda não deu essa garantia. Segundo membros da cúpula do PR, está “muito cedo” para definir se a legenda terá candidato próprio à Presidência.

A assessoria de Bolsonaro confirmou que o PR é um dos possíveis partidos para o qual o deputado pode migrar, mas disse ainda que há negociações com a cúpula do PRB, partido de Celso Russomanno.

Nenhum comentário