Delação Premiada no TCE pode envolver mais pessoas e deputados

Segundo reportagem de O Globo, o campista ex-presidente do TCE Jonas Lopes de Carvalho Filho, em sua delação premiada já denunciou o amigo Jorge Picciani, presidente da Alerj, e seis colegas conselheiros do TCE, mas é considerado um delator forte e isso pode ser apenas a ponta do iceberg, já que 92 municípios estiveram sob a sua jurisdição e op esquema de propinas apontado envolve muita gente importante.
Esquema milionário
Clóvis Renato Primo e Rogério Nora de Sá, executivos da Andrade Gutierrez, relataram que a empresa tinha que pagar 1% de propina sobre os valores de obras para aprovação dos contratos e aditivos no TCE.
Segundo as delações, Jonas Lopes utilizava os serviços de Jorge Luiz Mendes Pereira da Silva, o Doda, ex-assessor do TCE, que fazia a coleta da propina. Os executivos/delatores falaram que a propina de 1% para o TCE foi combinada Wilson Carlos, ex- secretário de Governo de Cabral, atualmente preso.
Efeitos
Agora é esperar para ver os resultados de delação de Jonas Lopes para si próprio, seu filho e para os denunciados por ele.

Nenhum comentário