Dornelles vai extinguir secretarias para cortar custos


As eleições municipais têm seu primeiro vencedor: o governador em exercício Francisco Dornelles. É que três secretários estaduais entregaram o cargo para disputar a prefeitura em suas respectivas cidades — a publicação foi feita no Diário Oficial de ontem.

Com a saída espontânea de Bernardo Rossi (Habitação), José Luiz Nanci (Envelhecimento Saudável) e José Luiz Anchite (Desenvolvimento Regional e Pesca), Dornelles vai extinguir as pastas ou incorporá-las a outras secretarias. A medida servirá para reduzir custos.

Fusões
O Palácio Guanabara estuda a fusão da Secretaria de Habitação com a Secretaria de Obras; a de Desenvolvimento Regional e Pesca com a de Agricultura. E a de Envelhecimento Saudável com a de Assistência Social.
Dança das cadeiras
Os três ex-secretários retomam suas cadeiras na Assembleia Legislativa amanhã. Deixam a Alerj os deputados Tiago Mohamed (PMDB), Papinha (PP) e Gerson Bergher (PSDB), que faleceu ontem.
Preferência
Eduardo Paes sancionou lei que multa em R$ 100 passageiros de ônibus que, em assentos preferenciais, recusarem-se a ceder o lugar para grávidas, idosos ou pessoas com deficiência. O problema é que a lei não foi regulamentada e, portanto, ainda não vale na prática.
Na gaveta
Lei da vereadora Teresa Bergher (PSDB) que previa multa para quem usasse água potável para lavar calçadas e carro foi sancionada por Paes em dezembro. O prazo para regulamentação era de 90 dias. E até agora... nada.
Juízes da UPP
A Copa UPP — que reúne moradores, policiais e já revelou atletas para clubes profissionais — terá mais de 300 árbitros oficiais para apitar as partidas deste ano. Detalhes em www.copaupp.com.br .

O Dia

Nenhum comentário