Vítimas fatais diminuem 21% nas concessionárias Arteris (Autopista)


A Arteris, uma das maiores companhias de concessões rodoviárias do País, registrou, em 2015, redução de 21% de fatalidades em suas rodovias na comparação com o ano anterior. A empresa também é signatária da Década de Segurança da ONU e tem como objetivo diminuir no mínimo 50% as mortes nas rodovias na comparação com 2010. A redução já é de 31,5%, uma antecipação de dois anos nas metas estabelecidas.
“A malha viária administrada pela Arteris é alvo de diversas obras de melhorias. A realização dos investimentos já traz resultados significativos, mas trabalhamos intensamente para reduzir ao máximo as fatalidades, mantendo nossa prioridade de promover a segurança dos usuários”, afirma o presidente da Arteris, David Díaz.
Ao longo dos 3.250 quilômetros geridos pelas nove concessionárias do Grupo, foram registradas 688 fatalidades, contra 868 em 2014. Em 2010, foram 1.005 fatalidades. Pelas metas propostas pela Década da Segurança, a Arteris trabalha para reduzir pela metade os números de 2010. Entre as cinco concessões federais, mais recentes e que possuem importantes obras em andamento, a redução de mortes foi de 19%. Já nas concessões estaduais, localizadas no interior de São Paulo, a redução chegou a 27%.
“Os dados são consideráveis e indicam que estamos no caminho certo. As obras de duplicação e retornos em desnível ajudam a eliminar consideravelmente colisões frontais, transversais e laterais, uma das principais causas de mortes em rodovias, mas é muito importante que motoristas respeitem as Leis de Trânsito. A imprudência ainda é a maior causa de acidentes nas rodovias”, alerta o diretor de operações da Arteris, Angelo Lodi.
Os investimentos também tiveram como foco a melhoria contínua dos serviços de atendimento e operação das rodovias. Muitas das iniciativas adotadas são compartilhadas entre as concessionárias por meio GERAR – Grupo de Estudos de Redução de Acidentes em Rodovias. Multidisciplinar, promove reuniões periódicas e incentiva melhores práticas em segurança viária.

Conscientização
O reforço das campanhas de conscientização e parcerias com a Polícia Rodoviária também figura como uma das principais estratégias adotadas. “A Arteris mantém programas permanentes para os diversos públicos atendidos pelas rodovias: caminhoneiros, motociclistas, pedestres e ciclistas. Somente em setembro, quando promovemos o Mês da Segurança Arteris, mais de 930 ações impactaram 950 mil pessoas”, detalha o gerente de operações da companhia, Elvis Granzotti.
A busca por parcerias e soluções também são evidentes por meio do Fórum Arteris de Segurança, realizado anualmente e que reúne executivos dos governos Federal e de São Paulo, além de especialistas do setor e comandantes da PRF e Polícia Rodoviária de São Paulo. Já a educação para a cidadania e humanização do trânsito fica a cargo do Projeto Escola Arteris, programa que beneficia 250 mil estudantes de 500 escolas públicas instaladas em 127 municípios.
“A sinergia entre comunidade, agentes públicos e concessionárias é fundamental para buscarmos um trânsito mais seguro. Seguiremos nessa direção, trabalhando para a valorização da vida e entregando um serviço de excelência em nossas rodovias”, afirma a gerente de responsabilidade social da Arteris, Alessandra Vasconcelos.

Nenhum comentário