Polo de Inovação Embrapii IFFluminense assina seu primeiro contrato

 O primeiro contrato do Polo de Inovação Embrapii IFFluminense foi assinado, na última sexta-feira, dia 22 de janeiro, com 14 empresas que fazem parte da Associação das Indústrias da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (AIC – Codin), no valor de R$ 735.000,00.
 O contrato, assinado pelo diretor do Polo de Inovação, Vicente de Oliveira, e pelo presidente da AIC, Lucas Vieira, prevê o desenvolvimento do projeto "Sistema Integrado de Resíduos", que será a base do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS) das empresas do Distrito Industrial de Campos dos Goytacazes.
 De acordo com o Diretor de Gestão de Projetos do Polo de Inovação, Rodrigo Martins, o objetivo do projeto, com previsão de início para 1º de fevereiro de 2016, é implantar um sistema de informação capaz de integrar a gestão interna dos resíduos produzidos pelas indústrias a uma bolsa de negócios de resíduos, possibilitando uma destinação final ambientalmente adequada.
 “Como resultado, espera-se que o sistema informatizado reduza os custos que as empresas têm atualmente com a destinação correta dos resíduos ou até mesmo que possa transformá-los em receita e, desta forma, contribuir para o aumento da competitividade das empresas e a difusão da cultura ambiental sustentável”, afirma Rodrigo.
 Além de atender à legislação vigente sobre resíduos sólidos, o projeto, que receberá recursos da Embrapii, se enquadra na área de credenciamento do Polo de Inovação, que diz respeito ao monitoramento e instrumentação para o meio ambiente e, especificamente, na subárea de competência "Monitoramento de resíduos: desenvolvimento de soluções para monitoramento de resíduos industriais voltadas a reciclagem, aproveitamento energético, reutilização e tratamento dos resíduos".
Este projeto é estratégico para o Polo de Inovação, pois reúne, de uma só vez, 14 indústrias, com possibilidade de atrair outras empresas semelhantes”, destaca o diretor do Polo, Vicente de Oliveira, informando que outros distritos industriais do Estado do Rio já demonstraram interesse no projeto.
 O contrato foi assinado pelas seguintes empresas: Schulz BC - Equipamentos e Acessórios Tubulares; Isocamp - Indústria e Comércio; Hiperflex Indústria de Tintas e Revestimentos; Frinorte Produtos Alimentícios; Aguiar Cortes Indústria de Argamassa; New Temper Norte Indústria e Comércio de Vidros; Petrofer Comércio de Produtos Siderúrgicos; Imbeg - Imbé Engenharia; Betumes Itabira Concreto e Asfalto; Forros Fluminense Indústria de Plásticos; Construsan Serviços Industriais; JHV Implementos Rodoviários; Seuma Serviços de Usinagem e Manutenção; CFM Comércio e Representações.
Saiba mais: O projeto "Sistema Integrado de Resíduos" teve origem no tema de dissertação da aluna do curso deMestrado em Engenharia Ambiental do IFF, Patricia Fantinatti, orientada pelos professores Luiz de Pinedo Quinto Jr. e Vicente de Paulo Santos de Oliveira, que apresentou como parte de sua qualificação o trabalho desenvolvido junto às empresas da CODIN, cujo objetivo foi desenvolver e implantar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) de cada uma das empresas envolvidas.
 O Polo de Inovação Embrapii IFFluminense, que funciona no campus Rio Paraíba do Sul/Upea, foi uma das cinco propostas aprovadas em toda a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, em 2015, na Chamada Pública da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).
ASCOM - IFF

Nenhum comentário