O Prefeito de São José de Ubá reduz salário e Prefeito de Macaé Corta de vez!


São José de Ubá:

Para compensar a redução na receita que no mês de outubro foi de 13.6% da arrecadação do Royalties de Petróleo e encerrar o ano dentro do previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, a prefeitura de São José de Ubá - RJ, anunciou medidas de contenção de gastos nesta sexta-feira.

A Prefeitura de São José de Ubá já adotou o turno único, — O turno único acarreta em uma economia com combustível, água, energia, telefone e manutenção de equipamentos — explicou o prefeito municipal.
Além de redução de 10% no salário do próprio prefeito que está prevista já para o dia 01/11/2015, será reduzido também os salários do vice Prefeito, de secretários, Sub Secretários, Procuradores, e coordenadores.

O Prefeito Gean Marcos decidiu reduzir os salários, em projeto que ainda precisa passar pela aprovação da Câmara de Vereadores, para poupar programas, medicamentos e ações importantes para a população. Além da redução, em conversa com o secretariado foi acordado gastar o estritamente necessário e reduzir despesas.


Macaé corta salário de vez:
O prefeito de Macaé(RJ), Dr. Aluízio dos Santos Júnior (PV), divulgou nesta terça-feira (20), durante sessão na Câmara Municipal, que está abrindo mão de seu salário mensal. Segundo ele, a decisão foi tomada em solidariedade à população afetada pela crise e pelo desemprego. Segundo a prefeitura, o valor bruto de R$ 17.378,71,  conforme consta no Portal da Transparência, vai deixar de ser descontado dos cofres públicos a partir de 30 de outubro, mas ainda não há definição sobre quais setores serão beneficiados.
A medida, segundo o próprio prefeito, vai valer até o fim do mandato, em dezembro de 2016. Sem o valor recebido do município, o prefeito, que é médico, disse que irá manter suas despesas com os recursos de seu consultório. Na Câmara, Aluízio entregou um ofício informando sua decisão e sugeriu que o vice-prefeito, Danilo Funke, e os vereadores também adotem a medida.

Nenhum comentário