MPF / PRE/RJ: Bispos da Universal são condenados por abuso de poder econômico


Dois bispos da Igreja Universal do Reino de Deus foram condenados por fazer propaganda eleitoral em templos de Del Castilho e Nova Iguaçu. Daniel Francisco dos Santos e Aparecido dos Reis Júnior haviam sido denunciados pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) por abuso de poder econômico e vão ficar inelegíveis por oito anos.

Gravações registraram os bispos pedindo votos às vésperas das eleições de 2014 para os candidatos Roberto Sales (deputado federal), Tia Ju (deputada estadual), Rosângela Gomes (deputada federal), Benedito Alves (deputado estadual) e Marcelo Crivella (governador). Dos cinco candidatos, apenas Crivella não foi eleito. “É fora de dúvida que os representados, valendo-se de sua condição de bispos daquela Igreja e utilizando-se de toda a sua estrutura, são capazes sim de desequilibrar as eleições em favor daqueles que pretende eleger uma vez que os demais candidatos não a possuíam e, por isso, já iniciavam as eleições em desvantagem”, sustentou o procurador regional eleitoral Paulo Roberto Bérenger.

Além de pedir o votos dos fiéis, os bispos incentivavam ligações para amigos e familiares pedindo votos e a boca de urna no dia da eleição. Daniel Santos e Júnior Reis ainda podem recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral.


Assessoria de Comunicação
Procuradoria Regional da República da 2ª Região (RJ/ES)

Nenhum comentário