ANP interdita dez revendas e apreende 44 botijões, em Italva, Cardoso e Itaperuna


  Carlos Grevi
Na operação foram apreendidos 44 botijões de GLP
Em ação de fiscalização realizada entre os segunda-feira (14/09) e quinta-feira (17/09), nos municípios de Itaperuna, Italva e Cardoso Moreira, no Norte Fluminense, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) autuou e interditou dez revendas de gás de botijão de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Três estavam funcionando sem autorização, outras três por estarem abastecendo revendas não autorizadas e quatro por motivos de segurança. Na ação, foram fiscalizadas 25 revendas de GLP.
Na operação foram apreendidos 44 botijões de GLP. Também foram autuadas três distribuidoras, duas no Rio de Janeiro e uma sediada em Minas Gerais, por fornecerem botijões impróprios para as revendas. Duas revendas também foram autuadas por comercializarem botijões impróprios. Todos os agentes econômicos autuados e interditados estão sujeitos a multas que variam entre R$ 5 mil e R$ 5 milhões.

AÇÕES DE FISCALIZAÇÃO
A ANP tem intensificado suas ações de fiscalização, planejando-as cada vez mais a partir de vetores de inteligência, com destaque para denúncias recebidas pelo Centro de Relações com o Consumidor (CRC) e dos resultados obtidos pelo Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis (PMQC), além de informações repassadas por outros órgãos públicos e pela área de inteligência a ANP. Denúncias sobre irregularidades no mercado de combustíveis podem ser feitas pelo telefone 0800 970 0267 ou pelo Fale Conosco da ANP.

 Fonte Ascom

Nenhum comentário