Tanguá recebe Cine na Estrada SESI Cultural dia 29 de agosto

Tanguá recebe ‘Cine na Estrada SESI Cultural’ dia 29 de agosto


A cidade é a 14ª a ser beneficiada pela caravana, que tem como objetivo levar a sétima arte à municípios do estado do Rio onde não há salas de cinema

logo_projetoTanguá recebe, no dia 29 de agosto (sábado), a caravana Cine na Estrada SESI Cultural, ação que ao longo do ano exibe filmes brasileiros em praças públicas de 15 municípios do estado do Rio de Janeiro. Em um telão montado a céu aberto naPraça da Juventude, no Centro da cidade, serão exibidos os filmes “Minhocas”, animação infantil, às 17h30, e Xingu”, para os adultos, às 19h30. A entrada é franca e dá direito a pipoca.

Em parceria com as prefeituras municipais, o Cine na Estrada tem como objetivo levar a sétima arte para cidades que não dispõem de salas de cinema ou que, por algum motivo, estão fechadas, além de difundir o cinema nacional com a exibição de longas-metragens premiados. De acordo com levantamento do IBGE, dos 92 municípios do Rio de Janeiro, apenas 27 possuem salas de cinema, em sua maioria localizadas na região metropolitana.

Tanguá é a 14ª cidade do estado a receber o projeto, que faz parte da Caravana SESI Cultural e já passou por São Francisco de Itabapoana, Conceição de Macabu, Carapebus, Porciúncula, Trajano de Moraes, Santo Antônio de Pádua, Cantagalo, Miracema, Sapucaia, Itatiaia, Engenheiro Paulo de Frontin e Saquarema e Miguel Pereira. Este ano, a caravana Cine na Estrada SESI Cultural encerra seu roteiro no dia 19 de setembro, em Porto Real, 15ª cidade a ser beneficiada pelo projeto em 2015.
​​

O projeto Cine na Estrada SESI Cultural pretende beneficiar todas as regiões do interior do estado do Rio de Janeiro, passando por novas cidades a cada ano. “Através do Cine na Estrada SESI Cultural, iremos intervir positivamente no cotidiano de cidades do interior, democratizando o acesso à cultura por meio da linguagem cinematográfica e da difusão do cinema brasileiro. A ocupação do espaço público com atividades culturais é uma forma de reforçar a autoestima e o afeto das pessoas com relação à cidade onde elas estão inseridas”, define Antenor Neto, Gerente de Cultura e Arte do Sistema FIRJAN. 

Outros filmes brasileiros, como “As aventuras do avião vermelho”, “O menino do espelho”, “O tempo e o vento” e “Gonzaga – De pai pra filho” foram selecionados pela curadoria do projeto e variam a cada cidade.  

Caravana SESI Cultural foi criada em 2010 e, inicialmente, se apresentava através de um pequeno palco montado no chão, com atrações circenses e shows de banquinho e violão. Ao longo dos anos, o projeto cresceu e ganhou um caminhão palco para percorrer lugares diversos, levando música para grandes públicos. Com o Cine na Estrada, a sétima arte passa a ser mais uma expressão cultural a fazer parte da caravana.

PROGRAMAÇÃO DAS PRÓXIMAS CIDADES CONFIRMADAS:

29 de agosto (sábado) - Tanguá
Local: Praça da Juventude 
Minhocas (infantil) - 17h30
Xingu (adulto) - 19h30

19 de setembro (Sábado) – Porto Real
Local: a definir
O menino no espelho (infantil) - 17h30
O Tempo e o vento (adulto) - 19h30
 
FICHA TÉCNICA E SINOPSE DOS FILMES QUE SERÃO EXIBIDOS EM TANGUÁ:

“MINHOCAS” 
Duração: 82 minutos
Gênero: Animação
Direção: Paolo Conti
Ano de produção: 2013
Classificação indicativa do filme: Livre
Sinopse: 
Longe de casa e em um ambiente hostil, as jovens minhocas Júnior, Linda e Nico encontram o vilão Big Wig, um tatu-bola que deseja transformar as minhocas em escravas. Durante a aventura, Júnior, antes um garoto mimado e inseguro, descobre os valores da amizade, coragem e confiança.

“XINGU”
Duração: 116 minutos
Gênero: Drama
Direção: Cao Hamburger
Ano de produção: 2012
Classificação indicativa do filme: 12 anos
Elenco: Roberto Audio, Arthur Koll, Emílio de Mello, Luiz Paulo Vasconcelos, Marcelo Várzea, Ricardo Bittencourt, Mário César Camargo, Thiago Balieiro, João Miguel, Felipe Camargo, Caio Blat, Fábio Lago, Maria Flor, Marcello Gonçalves, Augusto Madeira, Fernando Teixeira, João Carlos da Silva, Plínio Soares
Sinopse: Os irmãos Villas Bôas, Orlando, Cláudio e Leonardo decidem viver uma grande aventura pelas matas. Para isso, se alistam no programa de expansão na região do Brasil Central, incentivado pelo governo. Com enorme poder de persuasão e afinidade com os habitantes da floresta, os três se tornam referência nas relações com os povos indígenas, vivenciando incríveis experiências, entre elas a eterna conquista do Parque Nacional do Xingu.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO PROJETO:

Nenhum comentário