Justiça bloqueia bens de Benedita da Silva


Por meio de uma liminar, o Ministério Público conseguiu bloquear os bens, além da quebra do sigilo fiscal e bancário da deputada Benedita da Silva (PT-RJ) no processo em que a parlamentar é acusada de improbidade administrativa.

De acordo cm a decisão da juíza Adriana Marques dos Santos Laia Franco, da 8ª Vara de Fazenda Pública da Capital, o bloqueio dos bens vai durar até que os cofres públicos sejam ressarcidos do valor de R$ 32.094.569,03 referentes ao dano causado ao patrimônio público.

Benedita é acusada de praticar fraudes em convênios entre a Fundação Darcy Ribeiro (FUNDAR) e ONGs com o Ministério da Justiça, na época em que era secretária estadual de Assistência Social e Direitos Humanos.
Também são réus no processo o ex-subsecretário da pasta e secretário executivo dos programas sociais, Raymundo Sérgio Borges de Almeida Andrea; e o gestor e representante legal da FUNDAR, Paulo de F. Ribeiro.

FONTE: JORNAL O DIÁRIO

Nenhum comentário