Presidente do Americano afirma que clube vai jogar em Cardoso Moreira



O presidente do Americano, Luciano Viana, afirmou na tarde desta quarta-feira (07/01) que o clube vai jogar a segunda divisão do Campeonato Estadual no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira.
O Americano teve que jogar a última Série B com os portões fechados, pois o estádio em Cardoso Moreira não apresentava segurança. Dessa vez, Viana disse que o local está com todos os laudos técnicos adequados, inclusive para receber torcida. “A liberação foi conseguida no último jogo do ano passado”, comentou, declarando ainda que, a princípio, não conversa com o Goytacaz sobre a utilização do Estádio Ary de Oliveira e Souza.
Jogar no estádio do arquirrival seria a opção do alvinegro diante do fato de não ter o seu pronto, o que só deve ocorrer em 2016, conforme contrato com a empresa Imbeg, responsável pela construção. O presidente do Goytacaz, Márcio Rocha sobre o tema declarou há poucas semanas que não havia problema de o Americano jogar no estádio alvianil, desde que houvesse alguma compensação que poderia até mesmo não ser financeira, mas que a proposta apresentada teria sido da troca do gramado.
Luciano também confirmou que o alvinegro irá treinar no distrito de Outeiro, em Cardoso Moreira, enquanto o centro de treinamento em Guarus não ficar totalmente pronto. A previsão, segundo o presidente do clube, é que a obra seja entregue a partir de março.
Durante o processo de troca do Estádio Godofredo Cruz por uma nova sede em Guarus, circulou a especulação de que a Imbeg, teria a obrigação de encontrar um local para o Americano jogar enquanto o novo estádio não ficar pronto. No entanto, o presidente desmentiu. “A Imbeg não tem obrigação de arranjar um lugar para o Americano enquanto isso. Foi uma coisa falada, mas não está no contrato. É algo fantasioso”, completou.
CLÁSSICO - Da mesma forma que ocorreu em 2014, o mando de campo do clássico entre Americano e Goytacaz é do alvinegro. Na temporada passada a partida foi realizada em Macaé, no Estádio Cláudio Moacyr, já que o Estádio Antônio Ferreira de Medeiros não poderia receber público.
Se nenhum acordo entre os clubes acontecer novamente para a transferência da partida para o estádio do Goytacaz, mais uma vez o clássico acontecerá fora da planície goitacá. 

FONTE: JORNAL URURAU

Nenhum comentário