Preso suspeito de ter matado pedreiro



Policiais militares conseguiram deter um homem que seria o principal suspeito de ter matado a tiros o pedreiro Ademir de Oliveira Mota, 38 anos, conhecido como "Russo", na segunda-feira (08), em Itaperuna, Noroeste Fluminense. O rapaz foi encontrado dormindo em uma casa por volta das 19h, menos de 24 horas após o homicídio.

A abordagem aconteceu durante um patrulhamento de rotina pela Rua Salustiano Ferreira Braga, no bairro Vinhosa, quando militares observaram que um homem identificado pelas iniciais P.H., vulgo "Queiroz", teria entregado algo a outro rapaz parecendo ser material ilícito. Ao abordarem os mesmos, foram encontrados duas "trouxinhas" de maconha.

Ao chegarem à casa de "Queiroz", os PMs encontraram um jovem conhecido apenas como "Nilo" que estaria dormindo na sala. Segundo a polícia, ele seria o principal suspeito de matar o pedreiro.

Homicídio - O assassinato aconteceu por volta das 8h20, no Horto Florestal, no Centro de Itaperuna. O pedreiro foi morto a tiros enquanto trabalhava em uma obra, na Rua Prudente de Moraes.

Segundo a Polícia Militar, o motivo do crime teria sido um desentendimento entre a vítima e supostos traficantes de drogas da área. Na casa de "Nilo" os policiais encontraram uma flanela suja de sangue, uma munição de calibre 38 e uma motocicleta de cor preta, que segundo os agentes, teria sido usada para cometer o crime.

A ocorrência segue sendo investigada na 143ª DL/Itaperuna.

FONTE: JORNAL O DIÁRIO

Nenhum comentário