Julgamento de Eike Batista será iniciado nesta terça pelo TRF



Está marcado para esta terça-feira (18/11) o início do julgamento do empresário Eike Batista. O TRF (Tribunal Regional Federal) da 2ª Região, no Rio de Janeiro, negou na tarde de segunda-feira (17/11) o habeas corpus solicitado pelos advogados do empresário Eike Batista. O ex-bilionário é acusado de manipulação de mercado e pelo uso de informação privilegiada.
Eike foi denunciado pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF-RJ) por crimes contra o sistema financeiro, após vender ações da petrolífera OGX (atualmente chamada OGPar) antes de comunicar ao mercado que os campos de petróleo anunciados eram inviáveis.
Os advogados de Eike entraram com o pedido de habeas corpus na sexta-feira (14/11) para suspender a ação penal. O pedido, no entanto, foi negado pelo desembargador Messod Azulay.
Antes de tomar conhecimento que o habeas corpus tinha sido negado, o magistrado explicou que a defesa entrou com o pedido de habeas corpus pleiteando três coisas. A primeira era de que o mercado de capitais não pertenceria ao sistema financeiro nacional.
A defesa do ex-bilionário ainda pediu no mesmo documento que fosse feita uma perícia contábil e ainda questionou o número de testemunhas de acusação, que são 13 ao todo, enquanto que, de defesa, são oito.
Para o magistrado, a realização de uma perícia contábil não interfere no andamento do processo e não é preciso suspender a ação penal para que ela seja feita.

FONTE: JORNAL URURAU

Nenhum comentário