As Meninas de Guarus e as divergências...


É importante ressaltar que a denúncia do Ministério Público foi assinada pelos seguintes Promotores: Renata Felisberto Chaves, Vítor dos Santos Queiroz, Olivia Motta Venâncio, Alessandra Honorato Batista, Sandra da Hora Macedo e Marcelo Alvarenga Faria. Isso mesmo seis Promotores de Justiça. Qual dos Promotores Nahim está acusando de estar transformando em política suas estripulias sexuais?  

Aliás a denúncia descreve de forma detalhada a relação sexual entre o ex-Vereador e a adolescente: “Os encontros libidinosos da adolescente Marcelly com o denunciado Nelson Nahim em sua maioria ocorriam no sítio em Caixeta frequentado pelo denunciado Nelson Nahim. Num desses encontros foram ao referido sítio a adolescente Jéssica e Marcelly contratada pelo denunciado Nelson Nahim para a realização de programas sexuais. Segundo o MP após diligências realizadas pelo grupo de apoio aos promotores ‘GAP’ e considerando a informação prestada pela adolescente Jéssica, foi localizado o sítio Nossa Senhora das Graças Fotos juntadas as folhas 160/165, sendo certo que os agentes do GAP localizaram o altar mencionado por Jéssica nos arredores do sítio freqüentado pelo denunciado Nelson Nahim.”

“Segundo a adolescente o referido altar era visitado pelo denunciado Nelson Nahim que depositava moedas por ocasião de pedidos de graça.” 

Será que o Ministério Público inventou toda essa fantasia, até mesmo o sítio em Caixeta que todo mundo sabe que é de propriedade do ex-Vereador? 

Uma coisa é estranha, o silêncio da mídia de Campos sobre os demais denunciados, na próxima postagem você vai saber os nome das figuras ilustres de Campos que abusavam e faziam negócios das meninas de Guarus, mantendo inclusive em cárcere privado. 

Sobre o Caso há vestígios de 3 grandes empresários da Cidade de Campos dos Goytacazes estarem envolvidos:
Empresário 1: Ramo ligado a saúde
Empresário 2: Ramo de móveis
Empresário 3: Ramo jornalístico

O Empresário 3 tem ligação direta dentro de um jornal em Campos e o que espanta é o fato que tudo que acontece em Campos sai nesse jornal, mas o que acontece nesse caso, esse jornal esquece de relatar ou coloca uma nota bem escondida.

(com informações de fabricio freitas)

Nenhum comentário