Responsive Ad Slot

Política

política

Mais uma baleia encontrada no litoral de São Francisco

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

/ Jornal Olhar

Em menos de um mês, pelo menos três baleias da espécie Jubarte foram encontradas no litoral de São Francisco de Itabapoana. Duas já estavam mortas e uma encalhada, mas depois morreu.

A equipe do CTA- serviços em ambiente, empresa privada financiada pela Petrobras para monitorar a costa marinha do município,vai até os locais para a coleta de material genético para fazer análise das causas da morte do animal. O resultado do laudo sai em trinta dias, de acordo com a data de aparecimento dos mamíferos.

A secretaria municipal de meio ambiente sempre disponibiliza biólogo e realiza remoção e enterro do animal.

Segue anexo.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA
SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DE SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA-SEMASFI

São Francisco de Itabapoana, 20 de Agostode 2014.
RELATÓRIO INFORMATIVO
Ref: Encalhe de cetáceo em São Francisco de Itabapoana
Local:Farol de Salinas, entre as praias de Guaxindiba e Manguinhos.
Data e Hora de Elaboração do Relatório Informativo:20 de Agostode 2014 às 11:30 horas

Na manhã dessa quarta-feira (20-08-2014) por determinação do Sr. Secretário de Meio Ambiente Cláudio Heringer me dirigi à Praia de Guaxindiba sentido Praia de Manguinhos por volta das 9:00 horas acompanhado do Fiscal de Meio Ambiente George para avaliar as condições de mais um encalhe de cetáceo no município. O individuo da espécie Jubarte (Megapteranovaeangliae) medindo em torno de 15 metros e pesando por volta de 30 toneladas já morto, foi avistado,segundo populares,no final da tarde do dia de ontem (19/08/2014) encalhado numa formação rochosa que se localiza entre as praias de Guaxindiba e Manguinhos.

No local ficou evidente a impossibilidade de enterrar a carcaça deste indivíduo, pois esta se encontra na região entremarése nesta formação rochosa ocorre a presença de fauna bentônica e ictiofauna local. Qualquer tentativa de retirada deste animal no momento pode vir a causar um considerado dano ambiental. Cabendo apenasaguardara alteração da maré na expectativa de que este indivíduo possa vir parar na faixa de areia.

Informamos que já foi mantido contato dessa SEMASFI com a Secretaria de Obras do município para, sendo o caso e de acordo com as condições e localização do animal, proceda o enterro do referido mamífero.

Informamos, ainda, queestivemos na manhã de hoje na sede do CTA situado em Guaxindiba e cujos os técnicos afirmaram que estão monitorando a baleia para os procedimentos de necropsia. 


Fonte: Ascom São Francisco de Itabapoana
Mais
© Jornal Olhar
Todos os direitos reservados.