Rio Paraíba tem a menor cota e água esverdeada


O Rio Paraíba do Sul, que ontem apresentou novamente a menor cota registrada este ano, 4,80m, está com a água esverdeada. A mudança na cor da água foi notada no trecho próximo a Ponte Leonel Brizola, no Centro de Campos e ocorre em função de algas presentes no fundo do rio. A ocorrência das algas não compromete a qualidade da água e está sendo monitorada pela coordenação regional do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), em Campos.

De acordo com o coordenador regional do Inea em Campos, Renê Justen, a formação de algas nesse período está dentro do processo natural do rio. Ele explica que em função do baixo nível, da incidência solar e da luminosidade, a formação de algas é favorecida e fica mais evidente. "Essas algas já estão presentes no Paraiba e diante desse processo, acabam florescendo. É preciso deixar claro que não são algas tóxicas e que o rio está sendo monitorado", disse.

Renê informou ainda que não existe uma preocupação com a proliferação das algas, já que o fenômeno não costuma acontecer em temperaturas baixas. Ainda segundo ele, a água deve continuar esverdeada em função da escassez de chuvas, que deve acontecer até setembro. Além do Inea, equipes da Defesa Civil e da concessionária Águas do Paraíba também monitoram o rio.

Fonte: O Diário

Nenhum comentário