Confira a Agenda e as mudanças na Corrida ao governo do estado do Rio.


Terminou às 19h deste sábado (5) o prazo para os partidos políticos e as coligações apresentarem ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) o requerimento de registro de candidatos a governador e vice-governador, senador e suplentes, deputado federal e deputado estadual. Com isso, a campanha eleitoral começa neste domingo (6). Os candidatos ao governo do Estado do Rio já saem em campanha para a eleição de 5 de outubro.

A partir deste domingo, candidatos, partidos ou coligações podem usar, das 8 às 22 horas, alto-falantes ou amplificadores de som nas suas sedes ou em veículos; fazer comícios com aparelhagem de som; e fazer propaganda eleitoral na internet (segundo o TRE é vedada a veiculação de qualquer tipo de propaganda paga). A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão só começa em 19 de agosto.  
Dois candidatos começam sua campanha visitando a Baixada Fluminense: o governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição pela  coligação coligação "O Rio em primeiro lugar" com (PSDB, DEM, PPS, PTB, PSD, PHS, PP, PTN, PEN, PSL, PMN, PTC, PRP, PSDC, PRTB, SDD e PSC), e Lindberg Farias, candidato da "Frente Popular" (PT, PV, PSB e PCdoB). A Feira de São Cristóvão, como é chamado popularmente o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas foi escolhida por dois candidatos para o início da campanha: o petista Lindberg e o candidato do PSOL, Tarcísio Motta. Motta foi o único a escolhr iniciar a campanha na Zona Sul. Anthony Garotinho, candidato da "Aliança Republicana e Trabalhista" (PR, PROS e PTdoB), volta à sua terra natal, Campos, no Norte Fliminense, para dar o pontapé inicial na corrida rumo ao Palácio Guanabara.

Esta foi a agenda dos candidados neste domingo:

Tarcísio Motta (PSOL)
10h – Caminhada pela Praia de Copacabana, a partir do Posto 6, Zona Sul.
14h – Ato na Feira de São Cristóvão, o Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, Zona Norte.

Luiz Fernando Pezão (PMDB)
10h – Visita à UPP da Vila Kennedy, Zona Oeste.
11h20 – Caminhada na feira de Padre Miguel, Zona Oeste.
12h – Visita ao bairro Rodilência, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. 
13h – Almoço com lideranças políticas da Baixada.

Lindberg Farias (PT)
11h - Visita ao Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, São Cristóvão, Zona Norte.
15h - Final de Campeonato de Futebol Esporte Clube Miguel Couto, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense.
17h30 – Inauguração da sede do PT em Pinheiral, no Sul Fluminense.
19h - Volta Redonda, no Sul Fluminense, no Sul Fluminense.

Anthony Garotinho (PR)
15h – Visita à Rua Saturnino Braga, bairro Lapa, onde nasceu, em Campos, Norte Fluminense.

Marcelo Crivella (PRB)
Até as 21h deste sábado o candidato não havia divulgado agenda.

Dornelles é o vice de Pezão
O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição nas eleições de outubro, confirmou neste sábado o nome do senador Francisco Dornelles como candidato a vice-governador em sua chapa.
A coligação "O Rio em Primeiro Lugar", que reunia 19 partidos em torno da candidatura de Pezão, perdeu o apoio do PDT, partido que integrava a aliança com o deputado Felipe Peixoto na vaga de vice-governador. O partido deixou a coligação após decidir pelo lançamento de candidatura avulsa ao Senado Federal do presidente do partido Carlos Lupi.
O candidato da coligação "O Rio em primeiro lugar" ao Senado Federal será o ex-prefeito Cesar Maia.

PDT diz que não aceita ultimato
O PDT, por sua vez, informou em nota neste sábado que o PMDB dera um ultimado para que Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, retirasse sua candidatura isolada ao Senado dentro da coligação que apoiava o governador Pezão.  O PDT informou que não aceitava ultimato, deixava a coligação de Pezão e mantinha a candidatura Lupi ao Senado.

"A candidatura de Lupi ao Senado tem o objetivo de reforçar, no Rio de Janeiro, a campanha à reeleição da Presidente de Dilma Rousseff", duiz a nota do PDT.

A Executiva estadual do PDT informou ainda que "embora formalmente deixe de integrar a coligação de partidos que apoia o governador Pezão, vai participar informalmente da campanha para reelegê-lo governador". 

Crivella anuncia vice
O Partido Republicano Brasileira (PRB) anunciou neste sábado o nome do general José Costa Abreu para compor a chapa do senador Marcello Crivela ao governo do Estado do Rio. O gereral será candidato a vice-governador. O partido lançou ainda o embaixador Sebastião Neves como candidato Senado.

g1

Nenhum comentário